Uma carta de pêsames escrita por moradores de rua de Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, e entregueà família de umcomerciante que morreu vítima de uma bala perdida, causou comoção aos amigos e familiares. As informações sobre o caso foram apuradas pelo jornal Extra.

Entenda como a morte do comerciante aconteceu

O comerciante gaúcho Elvino Nunes Adamczuk de 49 anos foi atingido por uma tiro no peito, na troca de tiros entre a polícia e suspeitos de um assalto no bairro Menino de Deus, por volta das 23 horas da última sexta-feira (4), quando ele passeava com seu cachorro como fazia sempre.

Elvino estava internado em estado grave Hospital de Pronto Socorro(HPS) de Porto Alegre, mas infelizmente não resistiu e veio a falecer na manhã desta terça-feira (8).

A morte de Elvino comoveu moradores de rua

Elvino possuía uma padaria na Av.Getúlio Vargas. Moradores de rua desta localidade, ficaram muito comovidos com a morte do comerciante que sempre os tratou muito bem, e por esta razão resolveram fazer e enviar uma carta assinada por dezoito pessoas para a família do comerciante, dando os pêsamesà família dele.

Veja um trecho da carta: "Nós moradores de rua, gostaríamos de mandar um grande abraço e mil pêsames, para uma pessoa que sempre esteve junto de nós. Muito obrigado por tudo e que Deus o tenha. Descanse em paz".

A família do comerciante ficou muito emocionada com o gesto dos moradores de rua

WillianAdamczuk, filho do comerciante, afirmou que seu pai sempre ajudou os moradores de rua e que a carta que eles enviaram para a família foi muito reconfortante. Ele disse: "ficamos muito orgulhosos e emocionados com a carta, não esperávamos tanto carinho".

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia

Willian relatou que o comerciante sempre doava aos moradores de rua café e salgados. Além desta ajuda, Elvino fazia doação diária para a sopa dos pobres, e doava pães para uma igreja todas as terças-feiras. Elvino tratava a todos com muito respeito e carinho, afirma seu filho.

Vizinhos do estabelecimento de Elvino disseram que ele sempre foi muito caridoso e ajudava como podia aos moradores de rua.

Enterro do comerciante

O velório de Elvino começou nesta terça-feira (8), por volta das 19 horas no Cemitério São Miguel e Almas. O enterro está marcado para esta quarta-feira (9) as 10 horas.

Investigação criminal

A Brigada Militar informou que a PM foi acionada na sexta-feira (4), devido a um assalto em um supermercado. Quando chegaram ao local os suspeitos os receberam a tiros. A Polícia reagiu e houve uma troca de tiros, infelizmente um deles atingiu o comerciante. Os suspeitos fugiram e a polícia está em busca de maiores informações para chegar até os suspeitos.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo