De acordo com a assessoria de comunicação do ex-jogador de futebol e atual senador pelo estado do Rio de Janeiro, Romário Faria, está na pauta da Comissão de Educaçãoum projeto de lei que visa aumentar o piso salarial dos professores da rede pública de ensino com carga horário de 40h semanais de R$ 1.917,78 para R$ R$2.733,65 (PLS 114/2015).

Para ajudar a manter o aumento no salário dos professores o projeto determina também que 5% da arrecadação das loterias administradas pela Caixa Econômica Federal sejam repassados à Educação.

O projeto será votado na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado hoje, 20 de outubro de 2015. A autora do projeto foi a Senadora Vanessa Grazziotin e a relatora a Senadora Angela Portela.

Nesta mesma Comissão Romário ainda irá defender a PLS448/2015, de sua autoria, que já foi deliberado anteriormente em reuniões realizadas em 06 e 13 de outubro. LBD – que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional visando valorizar e incentivar o desporto escolar. O relatório pretende ter a provação do projeto ainda nesta sessão.

Romário tem se posicionado a favor dos professores frequentemente. E grande parte de seus projetos estão relacionados às áreas de educação, esportes e difusão dos direitos sociais, ele defende também um projeto que pretende incluir na grade de ensino das escolas públicas a criação de uma disciplina que ensine Constituição Federal: "A difusão do conhecimento sobre direitos sociais, assim como do sistema político, do exercício da cidadania, de valores éticos e cívicos podem revolucionar nossa sociedade.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Educação Escola

Salvando toda uma geração e provocando as mudanças sociais e políticas que tanto queremos." defende.

O projeto foi bem recebido pela população, já passou pela aprovação do senado e agora precisa ser votado e aprovado pela Câmara dos Deputados. Como mais uma forma de conseguir o apoio popular Romário vem se articulando através das redes sociais, buscando cada vez mais o engajamento do povo, inclusive está disponível através da plataforma Change.org um abaixo assinado pedindo a contribuição de pelo menos 500 assinantes a fim de pressionar os deputados - "Constituição nas Escolas, assino embaixo."

E você, é a favor ou contra o ensino da Constituição Federal nas escolas?

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo