Segue em todo o país a greve dos trabalhadores dos estabelecimentos bancários. Nesta segunda semana após o início da paralisação, diversos moradores voltaram às suas cidades para a rotina. Em Maricá, no estado do Rio de Janeiro, a volta do feriadão de Nossa Senhora Aparecida, comemorado na segunda-feira, foi caótica. Em consequência do fechamento parcial das agências, clientes de instituições públicas e privadas precisaram recorrer a caixas eletrônicos e agências lotéricas para realizar transações bancárias, principalmente o pagamento de contas.

No Centro da cidade, moradores do município, como Fátima Nogueira, tiveram que enfrentar filas quilométricas nas Casas Lotéricas. Na Lotérica Aciram, em frente à praça Conselheiro Macedo Soares a esperava superava 1h para o atendimento.

“Apesar do transtorno, eu concordo com a greve dos bancários. Eles são trabalhadores, muitos concursados, se esforçaram e merecem ser respeitados. Eles estão buscando os direitos deles. Quando nós exigimos os nossos também não queremos ser ouvidos? Nada mais justo”, falou a moradora.

Funcionários estabelecem exigências para negociar a volta ao trabalho

Segundo informações da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), os bancários querem dos patrões um ajuste salarial de 16%, isto é, uma reposição da inflação mais 5,7% de aumento real), além de melhoria nas condições de Trabalho. Depois de 40 dias de negociações entre os representantes dos trabalhos e a Febran, a categoria decidiu paralisar. O reajuste oferecido pela Federação foi de 5,5% para salários e benefícios. A proposta inclui um abono de R$ 2,5 mil.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Vagas Governo

Há opções para que os clientes continuem a pagar suas contas e realizar tarefas operacionais

Para salvaguardar os clientes das agências afetadas com a greve, é possível recorrer a alternativas além das lotéricas.

Nas casas lotéricas conveniadas à Caixa é possível: pagar contas de boletos em até R$ 2 mil, sacar e depositar até R$ 1,5 mil se for cliente da Caixa; sacar R$ 800 se for cliente do Banco do Brasil; os pagamentos de boletos de outros bancos são recebidos no valor de até R$ 700 dentro do prazo de vencimento; pagar água, luz, telefone e IPTU.

Nos caixas eletrônicos são aceitos os mesmos pagamentos em código de barras e as operações de internet banking, aplicativos no celular, por telefone e estabelecimentos comerciais que fazem algumas operaçõesbancárias seguem no ritmo normal de funcionamento.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo