Ultimamente, as notícias de pessoas vítimas de Acidentes Vasculares Cerebrais, os AVCs, também conhecidos popularmente como derrame, estão ganhando o noticiário. A vítima da vez foi a esposa do jornalista Evaristo Costa, Amália Stringhini. Segundo informações da revista 'Caras', Amália teve três crises de AVC em um único dia, a última quarta-feira, 18. 

Stringhini ligou para o marido, que estava trabalhando em mais uma edição do 'Jornal Hoje', e disse a ele que estava se sentindo muito mal. O jornalista, mesmo longe, ajudou no salvamento da esposa. Foi ele o responsável para chamar os paramédicos, que quando chegaram à residência do casal já encontraram Amália com os primeiros sintomas da Doença, como paralisia em algumas regiões do corpo. 

Os médicos levaram Amália para um hospital particular próximo.

Ela chegou a ficar internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do local, mas segundo os boletins de saúde mais recentes, a esposa de Evaristo Costa não corre mais o risco de falecer. A assessora do jornalista e amiga de sua esposa, Karla Ichiba, foi quem trouxe mais detalhes sobre o susto, que também é passado por milhares de famílias em todo o mundo.

De acordo com Karla, Amália, apesar do baita susto, está muito bem. Ela disse que nunca ninguém sequer cogitou que algo do tipo fosse acontecer. Ela disse que a esposa de Evaristo tem apenas 38 anos e que teve muita sorte, já que não ficará nenhuma sequela dos derrames. Amália já conversa normalmente com todos que vão ao hospital, inclusive com o marido, que continua trabalhando na sede da Globo em São Paulo. 

De acordo com especialistas, não tem como explicar como acontecem os AVCs.

Os melhores vídeos do dia

Os médicos apenas pedem o de sempre: que as pessoas mantenham uma dieta rica, façam exercícios, evitem a obesidade e o uso de cigarros e drogas. No entanto, pessoas perfeitamente saudáveis e jovens também são acometidas pela doença. 

Caso você sinta um formigamento ou dormência em metade do seu corpo, o ideal é que você vá à emergência hospital mais próxima.