Nesta sexta-feira (11), a Polícia Federal deflagrou a operação 'Vidas Secas - Sinhá Vitória'. O intuito é prender suspeitos que participaram de um esquema que superfaturou as obras de engenharia executadas para a transposição do Rio São Francisco.

De acordo com as investigações, empresários do consórcio OAS, Galvão, Barbosa Melo e Coesa, utilizaram empresas de fachada para desviar o valor de R$ 200 milhões das verbas públicas que foram destinadas a esta obra, que começa no agreste de Pernambuco e vai até a Paraíba.

Este consórcio era responsável por dois lotes dos 14 envolvidos na transposição do rio. Até o momento, a polícia investiga contratos que chegam a R$ 680 milhões. A Polícia Federal informou que as empresas estariam no nome do doleiro Alberto Yousseff e de um lobista, cujo o nome ainda não foi divulgado. Os dois já se encontram envolvidos em outro caso de Corrupção, que é investigado pela operação 'Lava-Jato'.

A Polícia Federal vai cumprir mandados no Recife, nos bairros de Boa Viagem, Coelhos e Graças. Já no sertão do estado, a operação deve acontecer nos municípios de Sertania e Salgueiro. Todos os investigados devem responder pelos crimes de associação criminosa, lavagem de dinheiro e fraude na execução de contratos.

A transposição do Rio São Francisco é uma obra do Governo Federal, que tem como intuito garantir a segurança hídrica de 390 municípios, beneficiando no total 12 milhões de pessoas.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Natureza Corrupção

Esta obra teve início em 2006, com o orçamento inicial de R$ 4,5 milhões de reais. Mas, devido ao seu atraso, teve seu valor dobrado.

De acordo com informações do ministério de Integração Nacional, o atraso na entrega dos trechos vem ocorrendo devido a burocracia na escolha das empresas e na adaptação dos projetos inicias. No total, R$ 1 bilhão de reais é destinado a programas sociais ambientais. Até o momento, 81% das obras deste projeto do Rio São Francisco foram executas.

Para esta obra, foram contratados 10.141 trabalhadores.

A economia do país vai mal, os preços estão todos em alta, o país está na lista vermelha para investimento e já há um total de 59 milhões de inadimplentes, sem falar no alto número de desempregados. O brasileiro está tendo que suar a camisa para viver, e, no final de tudo, a corrupção continua acontecendo descaradamente.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo