Diversos estudantes de todo o Brasil estão revoltados com o fato do INEP não ter divulgado a nota da redação nessa sexta-feira, 8. Boa parte daqueles que fizeram a prova em outubro, estavam confiantes na nota da redação para obter a média que dá direito à uma bolsa de estudos, mas sem ela, a nota de milhões de estudantes ficou abaixo do esperado.

O INEP já havia avisado que não teria tempo de fazer a correção das redações das quase seis milhões de provas do ENEM 2015 até 8 de janeiro.

A3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (conhecida comoTRF4), havia decidido que a divulgação das notas deveria incluir o espelho da correção da redação.

Como o INEP tem até dia 15 de fevereiro para recorrer, não é legalmenteobrigado a fazer a divulgação de todas as notas, tanto por já ter avisado que não havia feito todas as correções, bem como por não se tratar de uma decisão definitiva e estar dentro doprazo para interposição de recurso.

A decisão foi proveniente de uma ação civil públicainterpostapelo Ministério Público Federal, que visava permitir que os alunos tivessem acesso rápido à suas notas a fim de protocolarem os devidos recursos que julgaremnecessários.

O INEP e o Ministério Público Federal possuem um acordo que determina a divulgação das notas das redações em até 60 dias após a divulgação das notasdas demais categorias abordadas no ENEM.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Educação

As notas devem ser divulgadas definitivamente até o dia 8 de março.

SISU

Mesmo com muita gente reclamando da falta da nota da redação, as inscrições para o SISU (Sistema de Seleção Unificada) já começa na próxima segunda-feira, 11, onde milhões de estudantes devem disputar vagas em universidades federais de todo o Brasil. Algumas instituições estaduais liberaram alguns cursos para inscritos no ENEM.

Mundo por água abaixo

Aqueles que não tiveram acesso às notas das redações, podem perder a oportunidade de obter uma vaga no ensino superior público ou privado nesse primeiro semestre, uma vez que o PROUNI também realiza suas inscrições em janeiro e o INEP tem até 8 de março para divulgar as notas restantes. A nota do ENEM também é utilizada para financiar o curso pelo FIES.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo