O ano de 2015 foi muito bom para os trabalhadores brasileiros poderem descansar, aproveitar a Família e passear. Fique tranquilo, os feriados de 2016 não vão decepcionar; apenas o Natal e o dia do trabalhador cairão nos finais de semana, isso considerando todos os 13 feriados nacionais.

Como feriados municipais e estaduais são casos particulares, dependendo de onde more a pessoa, listaremos todos os feriados de 2016 em âmbito nacional, ou seja, apenas os que são controlados pelo Governo Federal.

A propósito, foi divulgado ontem pela presidente Dilma a listagem de feriados nacionais e pontos facultativos, aqueles nos quais a interrupção pode ou não ser concedida de acordo com a vontade do empregador, confira:

8 de fevereiro -Carnaval - Segunda feira (facultativo)

9 de fevereiro - Carnaval - Terça feira (facultativo)

10 de fevereiro - Carnaval - Quarta feira de cinzas (facultativo até as 14h)

25 de Março - Paixão de Cristo - Sexta feira (feriado nacional)

21 de Abril - Feriado de Tiradentes - Quinta feira (feriado nacional)

1 de Maio - Feriado Mundial do trabalhador - Domingo (feriado Mundial)

26 de maio -Corpus Christi (ponto facultativo) - Quinta feira

7 de setembro -dia da Independência do Brasil (feriado nacional) - Quarta feira

12 de outubro- Nossa Senhora Aparecida (feriado nacional) - Quarta feira

28 de outubro -Dia do Servidor Público (ponto facultativo) - Sexta feira

2 de novembro - dia deFinados (feriado nacional) - Quarta feira

15 de novembro - dia daProclamação da República (feriado nacional)- Terça feira

25 de dezembro -Natal (feriado nacional) - Domingo

A listagem foi publicada no Diário Oficial da União, na manhã do dia 4 de Janeiro.

Embora as expectativas para a economia não seja das melhores, ao menos no quesito lazer ou descanso 2016 não fará feio.

Contudo, nesta terça-feira, 5 de janeiro, aFederação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) divulgou um estudo prevendo um prejuízo de R$ 54,6 bilhões para a economia nacional, em consequência da paragem em dias feriados. Um representante do Firjan, citado pelo Jornal do Brasil, afirma que esse valor é 3,7% do valor do PIB e que "fica complicado crescer", num ano de crise, com esse número de feriados.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Relacionamento Curiosidades

Acha que o governo federal deveria considerar reduzir o número de feriados para dinamizar a economia? Ou se trataria de uma medida inútil e contra o descanso do trabalhador? Deixe em baixo sua opinião!

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo