Na véspera da Páscoa, a atitude do padre Júlio Lancellotti da Arquidiocese de São Paulo emocionou a todos que participavam da Via Sacra do Povo da Rua, organizado por uma pastoral da cidade.

O sacerdote beijou os pés de uma transexual e pediu perdão pela intolerância, preconceitoe pelo jeito que irmãos e irmãs como ela, sofrem pois, "têm sua própria maneira de ser".

Segundo o jornal Extra um vídeo foi feito mostrando essa atitude e viralizou na internet, onde a maioria das pessoas aprovaram e elogiaram a postura do padre.

"Deus ama você, do jeito que você do é"

Procurado pelo jornal Extra, o padre aceitou falar sobre o ocorrido pelo telefone. Segundo Júlio Lancellotti, o gesto não foi planejado e ele jamais imaginava que iria tomar tal proporção.

O sacerdote relatou que Sheila estava deitada junto com um grupo na rua, vendo a encenação da parábola sobre o "Filho Prodigo". Em determinado momento ela se levantou e foi até a direção deles, falando de sua fé e muito emocionada com a encenação.

O padre Júlio disse, que ficou muito tocado com a emoção de Sheila, uma pessoa que naquele momento mostrou toda a sua fragilidade, foi quando ele disse a ela, "Deus ama você, do jeito que você é".

Sei que moradores de rua apanham muito

Segundo o religioso, durantea encenação, onde um dos personagens apanha, Sheila pediu que parassem de agredir o ator.

Júlio Lancellotti acredita que esta atitude se deve a dureza da vida nas ruas, ele afirmou saber que "moradores de rua e principalmente os transexuais apanham muito, de todos os lados". Foi neste momento que resolvi perguntar o nome dela, que me respondeu com "muita pureza no coração".

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades Religião

Humildade e pedido de perdão

Foi então que o padre, beijou os pés de Sheila em sinal de humildade e a pediu perdão. Sheila repetiu o gesto do religioso e beijou os pés dele também. Ainda segundo o clérigo, depois deste momento, Sheila colocou as duas mãos em seus ombros, ele acredita que ela se sentiu aceita, pois não foi rejeitada.

Ao finalizar a entrevista o padre Júlio Lancellotti, disse que essa é a mensagem de Deus: "Deus nos ama por misericórdia, não porque somos melhores que alguém, mas sim por merecimento.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo