Depois do polêmico discurso de Letícia Sabatella,que resultou em milhares de criticas na internet e o bloqueio de seu perfiloficial no Facebook por publicação de 'conteúdo ofensivo', Tonico Pereira também foi 'punido' na rede deMark Zuckerberg.

Após o ocorrido, Tonico, que tem 67 anos, gravou um vídeo um pouco confuso na noite dessa quinta-feira para demonstrar a sua indignação. O mesmo não entendia porque foi punido, mas concluiuque o Facebook o absolveu e pediu que da próxima vez que for acusado de algo, que lhe avisem antes de bloqueá-lo.

A critica acabou sendo direcionada tanto aos usuários do Facebook que o denunciaram, quanto a própria rede social, que o bloqueou sem qualquer aviso prévio, como ocorre todos os dias com milhares de perfis em todo o mundo e que passou a ser encarado pelos internautas como 'rotina'.

Assista ao vídeo publicado na conta oficial de Tonico:

O ator já demonstrou publicamente seu repúdio ao Impeachment de Dilma Rousseff em diversas ocasiões, o que tem gerado uma onda de boicote e decepção entre fãs e seguidores online.

Assim como Tonico, outros nomes conhecidos acabaram perdendo fãs com seu apoio ao governo na atual situação caótica que a Política brasileirase encontra.

Dentre esses famosos que se posicionam contra o impeachment estão Wagner Moura (famoso por 'Tropa de Elite' e 'Narcos'), Monica Iozzi (Ex-CQC e ex-Vídeo Show), Gregorio Duvivier,Letícia Sabatella, entre outros.

Entendendo o caso Letícia

Letícia Sabatella, que é amiga de Tonico Pereira e chegou a publicar em sua conta que o atorhavia sido bloqueado, protagonizou grande polêmica na semana passada.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Lula Política

Após realizar um discurso para apoiar Dilma Rousseff, a mesma foi muito criticada, tornando-se um dos principais assuntos de sites e redes sociais. Seu perfil no Facebook foi bloqueado no domingo e reativado na segunda-feira,4.

A atriz contou ao 'Extra' que acreditava que seu bloqueio foi por conta do excesso de denúncias em sua página, mas que 'pessoas' tinham ligado para a empresa (Facebook) para liberarem a página novamente.

Essadeclaração ao jornal digitaltambém gerou repercussão na internet e algunsusuários usaram as redes sociaispara convidar os apoiadores do impeachment para um boicote geralaosfamosos que estão do lado de Dilma.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo