Mais um novo escândalo envolvendo os deputados brasileiros é vazado nas redes sociais e confirmado pelos próprios parlamentares e seus assessores. Recentemente, um vídeo de um suposto deputado tendo relações íntimas com uma garota de programa em um dos banheiros da Câmara foi divulgado e compartilhado em massa na internet. Após isso,o portal de informação resolveu fazer algumas entrevistas com os políticos da Casa para saber o que de fato havia acontecido. As respostas dos deputados e assessores foram surpreendentes: ‘’Não é novidade, é rotina”, disseram.

Muitos servidores efetivos, comissionados, deputados e assessores da Câmara dos Deputados em Brasília, segundo a matéria do portal Metrópole, têm, há muito tempo, relações íntimas com garotas de programa.

Muitas vezes nos próprios banheiros da Casa, como, também, nos gabinetes dos parlamentares. Sem divulgar nomes, a reportagem revela que os deputados entrevistados para falarem acerca disso, do PMDB, debocharam e disseram: ‘Essa situação aqui na Câmara não é rara’.

Eles seguiram comentando acerca do assunto, e um dos deputados afirmou: “Ainda não tinha visto as fotos. Ela é bonita? – disse com ironia e deboche – Tem bons atributos?”, perguntou se referindo ao caso do vídeo que mostra a relação íntima entre uma garota de programa e um suposto parlamentar em um dos banheiros da Casa Legislativa. Apesar de pedir sigilo aos repórteres, o deputado do PMDB confessou que tal prática na Casa é algo que já acontece há muito tempo: “Não é novidade. É rotina.”, revelou.

Prostituição na Câmara sempre existiu

Mais à frente na reportagem, um assessor faz outra revelação bombástica.

Os melhores vídeos do dia

Segundo ele, a prostituição na Câmara dos Deputados não acontece somente nos banheiros da Casa Legislativa, mas, principalmente, nos próprios gabinetes de muitos parlamentares: “A prostituição de verdade acontece é dentro dos gabinetes”, disparou. Enquanto isso, outro deputado federal pediu à reportagem que mostrasse as fotos para ele, porque assim ele poderia saber se a moça do vídeo era ‘bonita’, disse gargalhando.

Já outra funcionária da Casa, revela que ela própria já encontrou até mesmo calcinhas em um dos plenários e ela conta que a vestimenta seria de uma das servidoras da Câmara. Ela diz que os deputados pedem que esse tipo de caso seja abafado da grande mídia.

A reportagem do Metrópoles conseguiu o número de contato da suposta prostituta que aparece em vídeo, e, segundo eles, a moça realmente teria confirmado que era garota de programa e sempre faz ‘serviços’ na Câmara dos Deputados.