Nesta sexta-feira, 22, José de Abreu e suas esposa foram a um restaurante japonês de São Paulo, quando após represálias de outro casal, o ator deu duas cusparadas em seus opositores, que seriam contra sua ideologia, de extrema esquerda. Defensor da presidente Dilma Rousseff e contra seu #Impeachment, José de Abreu é um dos garotos propaganda do Partido dos Trabalhadores (PT). Neste domingo, 24, ele decidiu manter sua agenda programa e falou sobre o assunto ao vivo no 'Domingão do Faustão', da TV Globo. Na internet, ele já havia chamado o casal cuspido de "fascista" e "covarde" e dito que não se arrependia do que fez.

Antes de José de Abreu falar sobre o assunto, ele foi homenageado no 'Arquivo Confidencial', o que causou muita estranheza e críticas entre o público.

Faustão então explicou que o quadro já estava preparado antes do incidente em São Paulo. Já sobre a confusão, o ator disse que o outro casal o acusou de roubar dinheiro do povo e sobreviver através da Lei Rouanet. O profissional confirmou que foi xingado de "filho da p*" e que cuspiu no casal. Abreu disse que havia bebido, mas que não estava bêbado. "Não posso me arrepender de um ato impensado", disse o famoso ao ser questionado por Faustão se ele havia ou não se arrependido do episódio. Em seguida, ele contou que é de uma família honrada e que sempre trabalhou. José também disse que não pensou em política na hora da sua reação. 

Faustão ainda disse que esse tipo de reação poderia gerar uma guerra civil. O ator então começou a fazer um discurso para defender que o impeachment de Dilma seria um golpe, tentando argumentar que nunca a polícia federal prendeu tanto.

Os melhores vídeos do dia

Faustão fez questão de afirmar que não concordava com muita coisa que Abreu falava. "Não concordo, mas nem por isso sou inimigo", explicou o apresentador. Nas redes sociais, o público mostrou-se muito revoltado com as atitudes do profissional. "Ele falou de machismo e cuspiu em uma mulher. Muita vergonha", disse uma internauta. 

Ameaça de manifestação por conta de entrevista

O público ficou revoltado com a atitude do ator. Nem mesmo entre petistas os cuspes viraram um consenso. Nas redes sociais, um panelaço chegou a ser programado. Até a publicação desta reportagem, no entanto, não havia informações de que ele realmente tenha acontecido. A atitude já vem sendo feita contra lideranças petistas, especialmente a presidente da república #Dilma Rousseff e seu aliado político, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em uma interceptação telefônica realizada com autorização da justiça pela Polícia Federal, a ex-primeira-dama, Marisa Letícia, havia ficado irritada com um panelaço, mandando seus opositores enfiarem as panelas no c*.  #Crise-de-governo