Como é de costume, dia 1º de maio, dia do trabalhador, eventos são realizados em todo o país, incluindo protestos de pequena relevância que surgem pedindo algum tipo de melhoria trabalhista, mas nesse domingo os protagonistas devem ser outros.

Além de tradicionais festas promovidas por emissoras de rádio e sindicatos, Lula e Dilma convocaram seu exército vermelho para estar nas ruas de São Paulo, onde os dois petistas devem discursar juntos ‘contra o golpe’ no Vale do Anhangabaú.

Em outras cidades do país, internautas promovem uma Manifestação simbólica em apoio ao deputado federal Jair Bolsonaro, que tem tido seu cargo ameaçado injustamente pela esquerda, que teme tê-lo como adversário, bem como estão cansados do deputado falar tantas verdades sobre o governo.

Várias pessoas confirmaram pela internet a presença em protesto a favor de Jair Bolsonaro a partir das 15h no Largo da Batata, em São Paulo. Segundo um dos organizadores do evento, o deputado estará no evento que acontecerá em São Paulo.Também há manifestações pró-mito em Sorocaba e mais treze estados. No Paraná haverá manifestação em Curitiba e Foz do Iguaçu. Nessa semana, milhares de seguidores de Jair Bolsonaro fizeram um twitaço com a hashtag #BolsonaroPresidente, colocando o assunto nos trends mundiais da rede social.

A movimentação e atenção da Polícia Militar deve ficar focada no centro de São Paulo e demais localidades do país onde ocorram protestos petistas, pois destes participam movimentos sociais, como CUT, MST e MTST, dos quais costumam protagonizar confrontos com policiais e opositores, bem como gerar algum tipo de dano ao patrimônio público e privado.

A presença de Lula e Dilma juntos nas ruas deve aumentar o número de pessoas no aglomerado do centro velho de São Paulo. Esse deve ser um dos últimos eventos que Dilma Rousseff participará como presidente do Brasil.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Política

Dilma ainda não informou se ficará em Porto Alegre ou se passará um tempo fora do país após o impeachment, pois a mesma se foca em tentar até o último minuto convencer o máximo de senadores para votarem contra o impeachment, entretanto, até o momento apenas os políticos do PT confirmam seu apoio à presidente.

E aí, qual das duas manifestações você vai comparecer ou apoiar?Bolsonaro ou Lula e Dilma? Deixe a sua opinião nos comentários.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo