Jair Bolsonaro é o deputado federal que mais incomoda a esquerda brasileira e que quanto mais tentam denegrir sua imagem, mais o político cresce em popularidade. Tal feito, nem Freud conseguiria explicar, ou conseguiria, mas seria calado pelo movimento vermelho do país.

O deputado federal do PSC-RJ, dedicou seu voto pelo Impeachment de Dilma Rousseff à memória do coronel Brilhante Ustra, que combateu o comunismo no Brasil na década de 60, e com isso a esquerda aproveitou a falta de conhecimento das pessoas para acusar homenageado e homenageador de torturadores.

O presidente da OAB-RJ; que é filho de um dos militantes do Partido Popular Marxista-Leninista e considerado um desaparecido político; pediu a cassação do deputado.

Por outro lado, existe um abaixo-assinado com mais de 21 mil assinaturas no Charge.org em apoio à Jair e nessa semana, mais de cem mil pessoas participaram de um twitaço pedindo #BolsonaroPresidente, totalizando mais de 107 mil publicações.

No dia da votação do impeachment, o deputado foi vítima de um dos argumentos esquerdistas: o cuspe, este que por sua vez foi ‘lançado’ pelo deputado BBB, Jean Wyllys.

Uma petição no Charge.org, com mais de 105 mil assinaturas pede a cassação de Jean, bem como o PSC deve pedir a cassação do deputado por decoro parlamentar.

A movimentação em torno da cassação de Jean está ‘abafada’ pelos principais meios de comunicação, já a perseguição contra Jair é declarada em todo lugar. Para mostrar que nem todos brasileiros são manipuláveis, diversas pessoas organizaram eventos para demonstrar seu apoio à Jair.

Um dos organizadores do evento, Tiago Farias, divulgou que o deputado Jair Bolsonaro marcará presença na Manifestação que ocorrerá na capital paulista.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Lula Política

Endereços

São Paulo

Largo da Batata – Pinheiros – às15h

Praça do Canhão – Sorocaba – às 13h

Amazonas

Praça Domingos Russo - Avenida Djalma Batista – às 9h da manhã

Rio de Janeiro

Avenida Sernambetiba3100 – das 10h às 15h

Distrito Federal

Esplanada dos Ministérios - Brasília – às 15h

Minas Gerais

Praça da Liberdade – Belo Horizonte – das 10h às 15h

Espirito Santo

Pracinha Do Epa - Jardim Da Penha- Vitoria – das 15h às 20h

Paraná

Praça Santos Andrade – Curitiba – às 15h

Praça do Mitre – Foz do Iguaçu – às 9h

Pernambuco

Em frente a padaria ‘Boa Viagem’ – Boa Viagem – Recife – às 14h

Ceará

Aterro da Praia de Iracema/Av.

Historiador Raimundo Girão, 1000 –Fortaleza – às 15:30

Sergipe

Orla de Atalaia – Aracaju – às 15h

Paraíba

Busto de Tamandaré - Avenida Epitácio Pessoa – João Pessoa – às 10h

Pará

Praça da República – Avenida Presidente Vargas – Belém do Pará – às 9h

Independentemente de haver manifestações com baixa ou alta adesão (até porque não houve divulgação mais intensa como dos protestos pelo impeachment), o fato de um deputado federal conseguir que pessoas de diversas partes do Brasil, voluntariamente, saiam às ruas para apoiá-lo já é no mínimo, uma nova dor de cabeça para a esquerda, que por sua vez, está com os dias contados para ouvir: ’Tchau querida e queridos’!

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo