Em tempos de crise, é necessário sair do "lugar comum" e buscar novas oportunidades em ramos pouco conhecidos, porém, muito valorizados. Muitas empresas, de acordo com pesquisas, possuem Vagas em aberto para alguns setores onde não há muita procura. Cursar uma faculdade, infelizmente, ainda é uma realidade distante para muitos brasileiros. Porém, nem sempre a conquista de um diploma universitário é garantia de ótimos salários e carreiras de sucesso.

Segundo informações de sites especializados em recolocação profissional, atualmente, as empresas não estão em busca apenas de um certificado. Elas procuram por pessoas que, além da qualificação, possuam facilidade de relacionamento em equipe, personalidade e, principalmente, flexibilidade.

Confira 9 profissões e a média salarial

  • Técnico de petróleo - Atua na programação de equipamentos, executa manutenção do maquinário, controla a ação no meio ambiente e monitora o controle do sistema de utilidades - ganha, em média, R$ 5.400,00.
  • Ferramenteiro de corte e repuxo - Profissional responsável pela criação de ferramentas que são utilizadas nas fábricas de diversos setores - com média salarial de R$ 5.400,00.
  • Técnico de produção sucroalcooleira - Profissional responsável pelo processo de transformação da cana em produtos como: álcool e açúcar - salário médio de R$ 4.270,00.
  • Técnico em inspeção de equipamentos - É responsável por fiscalizar, orientar e executar serviços de manutenção e reparação de equipamentos eletromecânicos - ganha em média R$ 4.127,00.
  • Inspetor de qualidade de instrumentos - Profissional que atua no controle de medidas (de peças) de um projeto, com base em normas técnicas - salário médio de R$ 3.970,00.
  • Técnico em obras (edificações) - Atua no planejamento e execução de obras (construção civil), junto com um engenheiro - média salarial de R$ 3.940,00.
  • Ferramenteiro de produção - Profissional responsável pela projeção e criação de qualquer molde que será utilizado pela equipe em toda a fabricação - ganho médio de R$ 3.890,00.
  • Técnico de planejamento - Desenvolve o planejamento de projetos, controla a implantação e a realização do mesmo - Salário médio de R$ 3.800,00.
  • Projetista mecânico - Atua no desenvolvimento de fabricação de máquinas, ferramentas e equipamentos mecânicos. Média salarial de R$ 3.800,00.

Como ingressar na área

Embora essas profissões não tenham como pré-requisito uma faculdade, os candidatos precisam possuir nível médio (técnico) ou especializações na área. Algumas empresas não exigem experiênciasanteriores (na prática), porém, é necessária a qualificação (teórica) em instituições reconhecidamente sérias, como ETEC, SENAI e SENAC (entre outras).

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Vagas

Alguns cursos são de graça e, para ingressar é, preciso apenas, realizar uma prova para concorrer às vagas. Por meio de programas do governo, também é possível conseguir bolsas gratuitas. Buscar o conhecimento é sempre garantia de um futuro melhor. Boa sorte!

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo