A pastora Bianca Toledo apareceu no cenário da mídia nacional após acusar o próprio marido, o também pastor Felipe Heiderich, de ter abusado do filho dela, um menino de cinco anos. O garoto chegou a ter a identidade revelada por alguns veículos de comunicação, mas por se tratar de uma vítima menor de idade, não exibiremos seu nome. Neste sábado, 09, de acordo com o jornal Extra, o Ministério AME (Associação Mundial de Evangelização e Ensino), Ministrado pelo casal, acabou sendo fechado. A igreja era mantida por Bianca e Felipe e foi fechada depois que o pastor foi acusado de pedofilia e de revelar sua homossexualidade. Heiderich nega as acusações, chegou a ser preso, mas responde em liberdade. 

Por conta da descoberta, Bianca Toledo usou as redes sociais para avisar que o seu casamento com o pastor havia acabado.

Ela tem sido acusada de se promover com a tragédia do filho, devido ao grande número de publicações sobre o assunto. Nesta sexta-feira, 08, ela jurou que falaria pela última vez sobre o assunto e disse que "jamais enganaria a todos". Em entrevista ao jornal carioca Extra, a cantora revelada no 'Programa Raul Gil', confirmou que encerrou a igreja assim que ficou sabendo de tudo. O fechamento da instituição religiosa de forma rápida e misteriosa tem intrigado muitos fiéis e curiosos, que acompanham o caso devido a sua propagação na mídia. 

Curiosamente, a igreja só existia há quatro meses no papel, mesmo com o casal realizando e vivendo de pregações desde 2013. O pastor que chegou a ser preso por estupro de vulnerável era o presidente do Ministério. Bianca ainda revelou que o ex-marido era associado da Kingdom Global Ministries (KGM), organização da qual ela já fazia parte, na cidade de Dallas, no Texas, nos Estados Unidos.

Os melhores vídeos do dia

No entanto, após a denúncia ser feita contra o religioso, os pastores americanos decidiram suspender a licença para Felipe fazer cultos em nome da associação. 

O caso tem chocado muita gente. Caso condenado, o pastor pode passar anos em regime de reclusão.  #Crime #Investigação Criminal