O que você faria se descobrisse que a pessoa em que você confiou para cuidar dos seus filhos é perversa e capaz de agredi-los e maltratá-los? Para defender os filhos os pais são capazes de tudo, concorda?

Por isso é preciso sempre ficar atento ao comportamento das crianças e principalmente se existe algum sinal de maus tratos.

Uma família da cidade de Bento Gonçalves que fica localizada na Serra Gaúcha, flagrou a babá estapeando um bebê de um ano e seis meses.

De acordo com o portal de notícias G1, a família da criança andava desconfiada das agressões e deixou uma câmara escondida que acabou flagrando o momento onde a babá estapeia o bebê. A família procurou a polícia, saibam mais aqui.

Babá é filmada agredindo bebê

A Polícia indiciou a babá que foi flagrada por agredindo um bebê, ela será acusada de maus tratos e lesão corporal. De acordo com informações dadas pela polícia, a mulher de 37 anos, que não teve seu nome divulgado, ela é enfermeira já há 13 anos, trabalhava como babá na casa desta família há aproximadamente um ano.

Suspeita de maus tratos

Os pais das crianças começaram a suspeitar que algo errado estava acontecendo, pois surgiram marcas no corpo de uma das filhas. Afim de confirmar os maus tratos, eles instalaram câmeras de segurança, escondidas pela casa e uma delas filmou os maus tratos.

Nas imagens é possível ver a babá estapeando uma das crianças, enquanto a outra fica em uma cadeirinha em cima de uma mesa.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Elas são gêmeas e eram cuidadas pela mesma mulher.

Em um dado momento a mulher pega uma das crianças e a coloca no colo para dar a papinha, é possível ver ela dando três tapas seguidos no rosto do bebê. Em outro trecho do vídeo a criança é agredida mais duas vezes.

Investigação criminal

As cenas foram gravadas na última sexta-feira (26). No sábado (27), as imagens foram entregues a polícia, a mulher foi levada até a delegacia e permaneceu em silêncio durante todo o depoimento.

Durante uma conversa informal ela disse que perdeu a paciência por que ela se recusava a comer e acabou agredindo o bebê.

O inquérito foi submetido a justiça, a mulher vai aguardar o julgamento em liberdade. Assista aqui o vídeo que mostra o momento das agressões:

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo