Nesta quarta-feira (16), a Superintendência de Homicídios e Proteção a Pessoa (SHPP) continuará as investigações sobre a morte da sobrinha-neta de Sarney, a publicitária Mariana Costa, de 33 anos. A Polícia Civil colherá o depoimento de familiares e vizinhos que estava presentes no prédio da jovem na tarde em que ela foi morta.

O principal suspeito de ter cometido o homicídio é Lucas Porto, que continua preso desde segunda-fera (14), no Centro de Triagem de Pedrinhas.

Foram divulgadas imagens do circuito de segurança do prédio de Mariana que mostram o momento em que o cunhado da publicitária entra no elevador e aperta o andar da vítima. Nas cenas, ainda é possível ver que, depois de alguns minutos, ele desce os nove andares de escada com um semblante bastante transtornado.

Assista ao vídeo das câmeras de segurança logo abaixo:

Pelas imagens do suspeito subindo e descendo o elevador com semblante assustado, está claro para a Polícia que Lucas tem sim algum envolvimento com o crime apesar de negar veementemente ter cometido o assassinato.

Mariana Costa era filha do ex-deputado estadual Sarney Neto, e sobrinha neta do ex-presidente da República, José Sarney. Ela foi estrangulada e morta por asfixia mecânica com um travesseiro, na tarde do último domingo (13), no próprio apartamento, na Avenida São Luis Rei de França, no bairro Turu. Horas antes de o crime acontecer, Mariana estava com a mãe, as sobrinhas e o cunhado em uma igreja em São Luis.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

O próprio acusado teria levado a publicitária e a mãe da vítima para o prédio onde ela morava. Ele teria voltado ao local do crime sozinho e matado Mariana em seu próprio apartamento. O suspeito tentou apagar registros de ligações do celular, se desfazer das roupas que usava. Além disso, ainda apresentava lesões no pulso, tórax e rosto, o que indicaria uma suposta luta corporal. Ele seguirá preso até a conclusão das investigações.

O enterro da jovem foi acompanhado de muita comoção, o corpo foi velado em uma igreja evangélica no bairro Olho D’água.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo