De acordo com o último relatório da OMS (Organização Mundial da #Saúde), a #depressão aumentou globalmente para 4,4% da população mundial. O Brasil, no entanto, supera a média global com 5,8% de sua população sofrendo da doença. Essa percentagem supera qualquer outro país da América Latina.

Cuba segue o Brasil com 5,5% e o Paraguai com 5,2%. A doença também representa a principal causa de suicídio em todo o mundo, com 800 mil casos por ano. Além disso, as mulheres sofrem mais da doença do que os homens, em 5,1% e 3,6%, respectivamente.

Enquanto os países latino-americanos sofrem com mais depressão do que a média global, quase metade da população deprimida do mundo realmente vive na Ásia.

Mas a depressão contínua a ser uma ameaça crescente em todo o mundo. Os últimos números representam um aumento de 18% nos últimos dez anos.

Ansiedade

Além da depressão, cerca de 264 milhões de pessoas em todo o mundo sofrem de ansiedade. Desde 2005, as taxas de ansiedade aumentaram em 15%. O Brasil também lidera a América Latina em ansiedade, com 9,3% da população, três vezes a média global.

Outros países latino-americanos têm populações significativamente ansiosas. Em segundo lugar, aparece Paraguai, com 7,6% de sua população sofrendo de ansiedade. O Sudeste Asiático lidera o mundo em ansiedade, representando 23% da população global que sofre da doença. As Américas seguem de perto, com 21% da população mundial ansiosa.

Deprimido, mas feliz

Para terminar em uma nota mais leve, o Brasil lidera o mundo como um dos países mais felizes.

Os melhores vídeos do dia

De acordo com os últimos resultados do "World Happiness Report" (“Relatório da Felicidade Mundial”, em português) da ONU (Organização das Nações Unidas), o Brasil é o 17º país mais feliz do mundo. Porto Rico e Costa Rica também representam a América Latina na lista dos 20 países "mais felizes".

Nenhum país latino-americano apareceu na lista dos 20 países mais "tristes", compostos principalmente por nações africanas. Enquanto as Ilhas Comores se colocam como o país mais triste, a Dinamarca classificada como o país mais feliz do mundo pela terceira vez consecutiva. #estresse