Uma cena incomum deixou muita gente emocionada nas redes sociais nessa segunda-feira (10). A imagem flagrada e compartilhada pela aposentada Conceição Benício, de 56 anos, mostra um rapaz na fila preferencial de uma casa lotérica em Rio Branco, no #Acre, carregando uma senhora idosa com mais de 80 anos nas costas para que ela pudesse sacar o benefício.

A aposentada disse que, impressionada com a situação, se aproximou do rapaz e descobriu que ele havia caminhada mais de 3 quilômetros para chegar ao local. Ele, que não tem nenhum laço de sangue com a idosa, é marido da neta da senhora. Segundo o jovem, ele fez toda a caminhada com a mulher nas cosas para pegar um ônibus que os deixasse na casa lotérica.

Os dois moram na região da Estrada Transacreana, na zona rural de Rio Branco. Segundo Conceição, o local onde o rapaz e a senhora vivem não tem transporte público que fique próximo à residência da idosa e que, devido aos problemas de saúde, ela não pode ficar sozinha. O rapaz disse à aposentada que a mulher não fala, não anda e não tem cadeira de rodas, por isso decidiu carregá-la.

O produtor rural Pedro Matos, de 63 anos, que é tio da neta da idosa, disse ao portal G1 que o rapaz da imagem faz tudo pela senhora com a melhor das intenções. Segundo ele, a idosa teve um derrame que a deixou naquela situação, além de várias doenças que a deixa sempre na cama. Diante disso, o rapaz e sua esposa vivem para ajudá-la. Matos afirmou ainda que, depois de ir à casa lotérica, o rapaz levou a senhora para um posto de saúde, onde tinha consulta de rotina marcada.

Os melhores vídeos do dia

Luta com bandido

Infelizmente, nem todas as pessoas possuem o coração tão bom quanto o do jovem que cuida da idosa. Um caso de violência gratuita chocou os moradores do Acre no final de março e ganhou destaque nas redes sociais.

Um idoso, de 61 anos, entrou em luta corporal contra um assaltante em Cruzeiro do Sul, na noite do dia 22. O bandido teria invadido a casa da vítima com um revolver calibre 32. Diante da situação, o idoso começou uma briga com o assaltante e, felizmente, ninguém ficou ferido.

O delegado responsável pelo caso afirmou que nesses casos não se deve entrar em confronto com o suspeito e que a ação do idoso foi muito perigosa, pois os bandidos não têm nada a perder e o desfecho desse caso poderia ter sido diferente.

Após ser desarmado pela vítima, o suspeito fugiu sem levar nada e deixou o revólver, que foi entregue na delegacia. A polícia vai intimar as vítimas e seguir com as investigações até que o responsável pelo crime seja encontrado. #solidariedade #2017