No início da madrugada desta última quarta-feira (03), um crime bárbaro chocou os moradores do município de Uruçui, que fica a cerca de 500km de Teresina, no Piauí. Três menores de idade são os principais suspeitos de terem estuprado uma adolescente de apenas 15 anos, e logo em seguida matado seu namorado. A vítima é Flaviano da Silva Marinho, de 19 anos, que foi amarrado pelos criminosos em uma árvore e obrigado a assistir ao abuso contra a namorada que os menores praticaram por diversos minutos.

Logo em seguida os três suspeitos teriam degolado Flaviano e jogado seu corpo nas águas do rio Parnaíba. A brutalidade com que cometeram os atos de violência assustaram e chocaram os moradores da cidade que ainda tentam entender as motivações do crime.

A adolescente que está traumatizada foi encaminhada para a delegacia de Polícia do município para prestar depoimento, e relatou ao delegado Bruno Ursulino, as cenas de pavor vividas por ela durante o abuso.

Após passar pela delegacia de Uruçui, a menina foi levada para Terezina para prestar novos esclarecimentos e passar por avaliação médico e exame de corpo de delito. Ela receberá atendimento de uma equipe multiprofissional incluindo psicólogos que deverão assessorá-la neste momento dramático de sua vida. A intenção é que com o depoimento da jovem seja possível entender as circunstâncias do crime e as motivações dos suspeitos para cometer um ato tão desumano.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

A estudante está extremamente abalada, e não sabe como irá lidar a situação daqui pra frente. Segundo os relatos da mesma na delegacia de Teresina, dois dos menores a teriam estuprado, e outros dois teriam sido os responsáveis por degolar seu namorado. Essa explicação é valida, pois mostra aos investigadores que um dos menores não só teria encabeçado os crimes como participado de ambos. A jovem conseguiu identificar os três menores, eles são R.N.S, de 16 anos, A.A.S, também de 16 anos e M.V.C, de apenas 13 anos, e seriam do Maranhão e de São Paulo A polícia já conseguiu localizá-los e prendê-los e agora eles aguardam decisão judicial.

Os criminosos também prestaram depoimento, e negaram a participação no crime. Eles deram relatos totalmente desconexos, que provavelmente não cumprem com a verdade. Os três teriam amarrado a vítima com sua própria roupa e a obrigado a presenciar o estupro. Ao que tudo indica, eles estariam bêbados e motivados pelo álcool teriam cometido o ato de crueldade. Dois dos envolvidos tem uma ficha criminal extensa, com mais de trinta passagens pela polícia.

Ao que parece a vítima não conhecia os três antes do dia em que foi morta. Eles foram levados para o Centro Educacional Masculino, e a polícia agora tenta entender o que aconteceu naquela madrugada.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo