Um homem foi preso pelas autoridades acusado de estupro de vulnerável na manhã de sexta-feira (16), no bairro Tancredo Neves, na cidade de Paulo Afonso, cerca de 471 quilômetros de Salvador, na Bahia (BA). O acusado foi identificado pela Polícia como Valderi Eloi Bonfim, de 59 anos, mais conhecido popularmente como “Bibi”. Para a polícia local, Bibi é o principal suspeito de ter abusado sexualmente da enteada, identificada como Maria Eduarda, de apenas 2 anos.

Publicidade
Publicidade

Segundo informações divulgadas pela polícia, a garotinha ainda foi socorrida e encaminhada para uma unidade médica na localidade, mas não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo. O acusado negou todas as acusações. Conforme informações divulgadas pela polícia na quinta-feira (15), a vítima foi encaminhada para o hospital após passar mal em sua residência. No hospital, ela recebeu os atendimentos necessários para o caso e ficou internada em estado grave uma noite, mas, devido à gravidade dos ferimentos, ela acabou morrendo na sexta-feira.

Publicidade

De acordo com relatos dos profissionais da saúde que atenderam a garotinha, a vítima apresentava sinais de que foi vítima de violência sexual. O corpo de Maria Eduardo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade, onde serão realizados todas os procedimentos necessários para o caso, em seguida, será liberado para os seus familiares para o sepultamento. Por sua vez, a polícia foi até a residência do casal e prendeu o principal suspeito de ter cometido o crime.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Em seguida, foi levado até uma delegacia de polícia para prestar mais esclarecimentos sobre o ocorrido.

Na delegacia, o indivíduo negou ter abusado da menina. Segundo ele, tinha dado banho, e após o banho ele colocou a mesma em cima da cama. Ainda de acordo com o depoimento do suspeito, após alguns minutos, a menina começou a se bater e a gritar. Sem saber o que fazer, ela foi levada para o hospital onde acabou morrendo.

A mãe da menina também compareceu na delegacia e prestou o seu depoimento. A polícia não revelou o depoimento da mãe da garotinha. Um tio de Maria que não teve o seu nome revelado relatou que a mãe da vítima sofre de problemas psicológicos, mas ela não aceita a doença, e não toma remédios.

Conforme informações divulgadas pelos familiares da garotinha, eles relataram para a polícia que os médicos que atenderam a menina confirmaram para eles que a vítima apresentava sinais de violência sexual.

Publicidade

Mas apenas exames detalhados vão apontar a real causa da morte da menina e também se ela foi vítima de abuso ou não. O homem está preso e ficará à disposição da Justiça para tomar todas as medidas dentro da lei. O caso contínua sendo investigado.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo