As rinhas de galo, ou que envolvam quaisquer tipos de animais, são proibidas no Brasil. Mesmo assim, em muitas cidades, acontecem rinhas clandestinas, que reúnem vários participantes, que apostam dinheiro vivo nesse tipo de jogo cruel considerado crime ambiental. Um grupo de criminosos aproveitou-se de uma rinha de galos que acontecia na zona rural de um município do Rio Grande do Norte para agir e tomar o dinheiro dos apostadores. Só que nem os apostadores e nem os bandidos imaginavam que a ação seria mal sucedida e acabaria quase que se transformando em um cenário de carnificina.

A rinha aconteceu na cidade de Brejinho, que fica na região Agreste do Rio Grande do Norte, na noite última sexta-feira (18). A jogatina reuniu pelo menos 100 pessoas, que faziam apostas nos animais em dinheiro. De repente, um grupo de 15 criminosos entrou no local para tomar o dinheiro dos apostadores e uma confusão se instalou no local.

Homens armados invadem jogatina e fazem a "limpa"

Segundo informações da Polícia Militar, os 15 homens chegaram ao local da rinha, um sítio denominado Papaçu, para assaltar os apostadores.

Armados e encapuzados, os homens deram início ao arrastão e começaram a roubar tudo o que viam pela frente, desde relógios a cordões de ouro, passando por aparelhos de telefone celular e o dinheiro das apostas.

No meio da confusão, alguém conseguiu entrar em contato com a polícia e homens do destacamento da Polícia Miliar em Brejinho conseguiram chegar à tempo.

PMs são recebidos a tiros e um dos policiais é ferido

Segundo informações da PM, os policiais chegaram ao local da rinha quando a quadrilha estava concluindo o arrastão.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia

No entanto, os bandidos, que estavam equipados com armas calibre 12, pistolas e revólveres, agiram com truculência e começaram a atirar nos policiais. "Fomos recebidos a bala", contou um policial à reportagem do portal G1.

Várias equipes de polícia foram encaminhadas ao local para reprimir a ação dos bandidos e, depois de meia hora de tiroteio, os assaltantes acabaram fugindo por um matagal. Um dos policiais militares, o soldado identificado como Manoel Alves, foi atingido pelos tiros e encaminhado para um pronto-socorro em Natal. Um dos criminosos também foi ferido, assim como um dos homens que estava acompanhando a rinha de galo.

Polícia consegue deter 3 criminosos e apreender objetos roubados

O assaltante que ficou ferido e está hospitalizado será preso. Além dele, os policiais conseguiram deter outros três suspeitos que fugiram do local do crime. Todos foram encaminhados para a delegacia de Nova Cruz, onde foram apreendidos os produtos do roubo. Os policiais recuperaram R$ 10 mil em dinheiro, duas armas de fogo, pulseiras, relógios, cordões de ouro, 47 aparelhos de telefone celular e dois veículos, que haviam sido utilizados para chegar ao sítio.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo