Grande parte da preocupação de um estudante de graduação, está no mercado de trabalho após a formação.

Quando se trata de Engenharia, seja qual for a especialização, parece que esta preocupação é ainda maior, pois além dos anos investidos, leva-se em conta a quantidade financeira que foi aplicada nesse tempo.

Certo é, que algumas profissões que estão em alta agora, não estarão tão atrativas daqui a alguns anos. Mas para alívio de "bixos" e veteranos estudantes de engenharia, aqui vão algumas previsões para o mercado de Trabalho.

Para uma boa perspectiva, levamos em conta fatores como oferta e demanda.

Segundo instituições competentes como a Federação das Industrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN), que entrevistou mais de 400 empresas, de vários seguimentos e tamanhos, em várias regiões e também o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA).

Qualificação

Apesar da atual situação, a Engenharia ainda será uma das profissões mais bem pagas e a projeção é que ocorra ainda uma aquecimento no mercado.

"Serão muitos graduados, mas poucos qualificados", segundo a análise do IPEA.

Percebe a oportunidade? Muitos que se formam, não buscam uma qualificação e não procuram acrescentar um diferencial no curriculum.

Listamos agora algumas das áreas mais relevantes nos próximos anos. Lembrando que não estão em ordem de maior ou menos procura, apenas estarão com maiores oportunidades.

Engenharia da Computação

Cada vez mais tecnológico o mundo se torna, jogos e aplicativos nos divertem, auxiliam ou até dependemos deles em algum momento.

O foco no mercado móvel cresce a cada dia e este com certeza é um mercado promissor.

A tendência é que se invista cada vez mais em máquinas e programas mais avançados, com isso as projeções para esse profissional é muito boa.

Engenharia Civil

Esse é o profissional mais procurado e desejado, o que também acaba trazendo o maior número de formandos nessa área.

Claro que atualmente o setor imobiliário anda em baixa, mas não é só de casas e prédios que vive um Engenheiro Civil.

A boa notícia é que todos os outros setores acabam influenciando positivamente a construção. E quando citamos construir, não nos referimos apenas a casas e prédios, mas também a criação de novas condições, tornando tudo mais sustentável. As novas opções e tecnologias que surgem no mercado, sempre vêem acompanhadas com uma adequação para acomodar os novos produtos que surgem, sendo assim, esse profissional é indispensável.

Engenharia de Produção

Levando em conta o conceito de máxima eficiência com máxima qualidade das empresas, o aumento da procura desses profissionais é um dos mais relevantes.

Comandando toda a operação, cabe a ele inspecionar e garantir melhores práticas e melhores resultados, sem dizer o leque de opções que o mercado oferece, desde gestão a controle de qualidade, o futuro Engenheiro de Produção estará com emprego garantido.

Engenharia Mecânica

Com uma boa expectativa, mas com maior responsabilidade, esse profissional terá uma missão nas mãos. Criatividade!

Buscar soluções inovadoras e eficientes na prática de projetos e desenvolvimento de sistemas mecânicos, onde também sera influenciado pelo mercado geral. Com o aumento da procura por eficiência e economia, esse profissional pode arregaçar as mangas e se preparar para um bom mercado de trabalho.

Siga a página Vagas
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!