Os casos de traição quase sempre terminam com algo ruim para algum dos lados, mas em Parque Via Tucuri, na cidade de Novo Repartimento, Pará, a traída acabou resolvendo dar um fim em sua vida após ter descoberto uma traição de seu namorado e o grande pivô de tudo isso seria sua melhor amiga. Tudo aconteceu na quinta-feira (31).

O homem assumiu a relação com a melhor amiga da namorada. Ele ainda disse que queria se separar dela. Os familiares da auxiliar de cozinha Patrícia Silva descobriram o motivo da morte por conta de uma carta escrita por ela, que foi deixada próximo ao corpo sem vida.

Publicidade

Encontrada de pijamas e enforcada com uma corda, a Mulher não tinha mais chance alguma de ser resgatada.

Após a chegada da família, horas depois, ela foi encontrada. O texto da carta pedia desculpas aos parentes e afirmava que não havia como suportar a traição de seu namorado com alguém que considerava amiga.

Além de tudo, Patrícia ainda falou sobre não suportar viver sem o rapaz. Sua tristeza era tão grande que essa foi a forma que encontrou para responder aos traidores. Não há informações que confirmem ou excluam a possibilidade da mulher ter sido vítima de depressão ou qualquer transtorno psiquiátrico.

Fato é que o falecimento da jovem se deu por conta da separação.

Os grandes causadores da traição não falaram nada sobre o caso, entretanto, os parentes da falecida pedem por justiça. A presença da Polícia Militar foi requisitada e peritos foram designados para a remoção do corpo da jovem. O Instituto Médico Legal fez necropsia para identificar se a mulher realmente se suicidou, procedimento padrão para casos como este.

Em contraposta a todas as informações deixadas na carta, a família da moça afirma que ela era uma pessoa alegre.

Publicidade

Os parentes dela não confiam totalmente na versão da carta. A separação, segundo eles, não teria tal peso para que a mulher tomasse a decisão sem volta.

Em primeira visão, a moça entra para a lista de suicídios, que só aumenta a cada ano. Vale lembrar que a depressão é grande vilã nos casos, mas nem sempre o paciente sabe que está sendo vítima da doença. Ficar atento aos sintomas padrão do grande mau do século é importante e procurar um especialista pode salvar vidas.

O mês de setembro é conhecido como Setembro Amarelo para os profissionais de saúde.

Esse é o momento do ano em que o empenho de todos contra a depressão aumenta e a vontade de todos em prevenir os problemas trazidos pela doença, principalmente a tentativa de tirar a própria vida.