Depois dessa grande tragédia que está atingindo os Estados Unidos e causando grandes estragos e devastações por onde o furacão Irma passa, as pessoas andam apreensivas com a possibilidade de que um furacão possa atingir o Brasil.

Isso também vem causando grande repercussão devido o Jornal Nacional, que é transmitido em horário nobre pela Rede Globo e assistido por praticamente todo o Brasil, transmitir na previsão do tempo no Brasil, já que o clima não anda favorável e os níveis de chuva estão abaixo da média, deixando o clima mais seco e quente, o que poderia propiciar esse fenômeno da natureza.

Segundo os meteorologistas, é praticamente impossível que um furacão ocorra no Brasil. Isso só poderia acontecer se houvesse uma drástica mudança climática no país, mas que não acham que isso seja viável. Eles afirmam que para que um furacão se forme são necessários diversos fatores e que apenas uma vez isso foi registrado no Brasil. Os furacões sempre se formam alto-mar.

Um dos fatores que são responsáveis para que um furacão se forme é o nível de temperatura da água do mar. Essas temperaturas tem que ultrapassar os 27 graus e no caso do Brasil isso não ocorre.

A maior temperatura do mar registrada no país são no Nordeste, que no máximo já chegou a 26 graus e isso em dias de calor muito extremo.

A alta umidade junto com a água quente do mar são as principais condições para que o furacão se forme. Outro fenômeno que também propicia esse acontecimento são os ventos extremamente fortes, que são chamados de tesouras de vento. Além de muito fortes, eles também sofrem drásticas mudanças de direção.

Mas esse é um fenômeno raríssimo de acontecer em países que ficam próximos à linha do Equador, como é o caso do Brasil.

Mesmo que esse Furacão Irma ou qualquer outro viesse para o lado do Brasil, perderia por completo a força quando chegasse nas proximidades do Equador, garantem os especialistas.

Dessa forma, as pessoas podem se tranquilizar porque nem o furacão Irma e nem qualquer outro vai atingir o Brasil e devastar o país.

Claro que nada é impossível contra a força da natureza, mas partindo do princípio dos especialistas, pode-se observar que a probabilidade desse fenômeno ocorrer é praticamente nula.

Embora estejamos passando por diversas mudanças climáticas, ainda podemos ficar aliviados a respeito desse tipo de problema.

Deixe a sua opinião, ela sempre é importante para discutir assuntos importantes para a sociedade.

Não perca a nossa página no Facebook!