Toda mãe preza pela segurança de seu filho. Nos dias de hoje, está muito difícil confiar nas pessoas e, por causa disso, muitos pais acabam fazendo exigências na hora de escolher a babá de seus filhos. Porém, em Fortaleza, acabaram passando dos limites na hora da contratação de uma nova babá.

Tudo começou quando uma mulher fez uma postagem em seu perfil no Facebook dizendo que precisava de uma babá.

Até aí tudo bem, porém o que acabou chamando a atenção foram as exigências feitas por ela, gerando revolta entre os internautas.

Ela inicia a mensagem dizendo que está à procura de uma babá profissional, com experiência o suficiente para cuidar de duas crianças, ambas de 3 anos de idade. Ela segue a mensagem dizendo que a pessoa deverá comprovar sua experiência, além de ter ótimas referências.

Uma das exigências é que a candidata não fume, não beba e que não chegue atrasada no trabalho.

Até então todas essas exigências são comuns vindas de uma mãe que se preocupa com a saúde e segurança de seus filhos. Mas o final acabou não agradando muitas candidatas e até mesmo aos internautas espalhados pela web.

Continuando a mensagem, ela pede que a candidata não seja viciada em celular, sendo proibido o seu uso em qualquer circunstância. Para completar, a futura babá não pode ter filhos menores de 5 anos, deve ter boa aparência e não pode ter problemas familiares que a façam faltar no trabalho.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Vagas

“Ela precisa ser magra, para poder caber no banco de trás do carro entre duas cadeirinhas”, e não parou por aí. O período de trabalho é quinzenal, a candidata iria trabalhar 15 dias e folgar os outros 15 dias, sendo que nesse período a candidata também precisar estar disponível caso a família precise viajar ou algo do tipo.

A proposta de emprego acabou gerando revolta entre vários internautas. Alguns chegaram a perguntar se a oferta de emprego se tratava de algum tipo de trabalho escravo, já que as exigências eram exageradas e algumas passavam dos limites.

Outros aproveitaram para dizer que esse ‘trabalho’ poderia ser acobertado pelas ‘novas leis do governo’.

"O problema 1 é a vaga, o 2 é a gordofobia e o problema 3 é a negligência aos filhos", escreveu uma mulher no Twitter.

"Busco: Babá do palácio de Buckingham. Pago: "Dois pasteis e um chopp", escreveu outro internauta.

De qualquer forma, todo trabalho exige alguma exigência, mas esse acabou ultrapassando alguns limites.

Tudo é uma questão de bom senso.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo