Um homem foi preso pela Polícia na tarde da última quinta-feira (28), acusado de violência sexual contra duas crianças, na comunidade Três Corações, na cidade de Amajarí, no norte de Roraima. O suspeito de ter cometido o crime é um homem de 67 anos, mas não teve o nome revelado para proteger a identidade das vítimas. Para as autoridades locais, ele é o principal suspeito de ter abusado sexualmente de duas crianças, uma de 10 anos, que é filha de uma vizinha, e a própria neta, uma garotinha de 11 anos.

Conforme informações da polícia, a neta do acusado era estuprada há vários anos desde que ela tinha 7 anos de idade.

Segundo a delegada Eliane Gonçalves, que está à frente do caso, a vítima morava com os Avós maternos em Baruana, município de Cantá, região Norte do estado. Porém, depois que a avó da menina morreu, a menina e o avô foram morar com a mãe da menina que é filha do acusado. Eliane relatou que a própria mãe da menina foi que registrou uma queixa contra o pai, relatando dos abusos sofridos pela filha.

Segundo Eliane, a família da menina não sabia dos abusos anteriormente. Diante da situação, policiais se deslocaram até o local informado, o homem foi preso, em seguida, levado para a delegacia da cidade localidade para prestar mais informações sobre o ocorrido.

Em depoimento, o acusado confessou ter cometido as agressões sexuais contra a neta, mas alegou que não era ele que estava abusando da vítima, mas, sim, um demônio que tomava conta do corpo dele. Porém, quando ele acordava ele já tinha praticado os abusos.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

O suspeito disse em depoimento que se arrepende de ter cometido as agressões sexuais contra a vítima, acrescentado que sempre orava pedindo a Deus para livrar ele da vontade que ele tinha de cometer os abusos. Segundo o homem, durante as suas orações, ele ouvia uma voz dizendo para ele colocar uma corda no pescoço e se enforcar.

Após o depoimento, o homem foi levado para a Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (PAMC), onde ficará à disposição da Justiça para tomar todas as medidas necessárias dentro da lei.

A garotinha também prestou depoimento e contou detalhes sombrios sobre os abusos. Segundo a vítima, ela era estuprada pelo avô um dia sim, e outro não. A delegada disse que o homem tratava a neta como se fosse uma esposa para ele. Eliane relatou que as duas meninas passaram por exames médicos e passarão por acompanhamento psicológico. Qual a sua opinião sobre esse caso? Compartilhe seus pensamentos na seção de comentários abaixo!

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo