As crianças são seres curiosos por natureza. Não é preciso muito para entreter uma criança pequena e, na era da tecnologia, ferramentas comuns do nosso dia-a-dia tais como tablets e smartphones podem tornar-se alguns dos ''brinquedos'' mais divertidos do mundo.

O pequeno Pietro tem apenas 2 anos e simplesmente ama brincar com o smartphone da mamãe, Viviane Souza. Para ela, isso jamais havia sido um problema até que as brincadeiras do pequeno a colocaram em um verdadeiro apuro.

Viviane se viu em meio a uma situação bastante constrangedora ao deixar Pietro brincando com seu celular enquanto tomava banho. O menino entrou no banheiro sorrindo. Viviane achou que o filho estava se divertindo tirando fotos de tudo com telefone, até que notou algo perturbador: o pequeno estava transmitindo seu banho ao vivo nas redes sociais.

As amigas de Viviane começaram a telefonar para avisar sobre a transmissão ao vivo do filho.

''Eu estava tentando desligar a transmissão enquanto falava com minhas amigas'', disse Viviane à coluna Anedotas de Mãe, do portal de notícias G1. ''Mas meu celular estava travando. Então, eu não sabia se começava a chorar ou se saia correndo. Depois de algum tempo, consegui pausar a transmissão, mas não tive coragem de assistir ao vídeo de tanta vergonha que eu estava de mim mesma.'', contou a mãe.

Segundo as amigas da mãe, oito pessoas chegaram a assistir à transmissão. Após ler essa notícia, muitas mães com certeza irão repensar o uso que seus filhos fazem do smartphone, ou pelo menos passarão a ter o cuidado de desligar a internet antes de dar o aparelho nas mãos dos pequenos.

Crianças e telefones celulares

Muita embora certos aparatos tecnológicos possam parecer úteis para distrair as crianças quando estas estão muito agitadas ou entediadas, o uso de tablets e celulares por crianças muito pequenas e bebês pode não somente gerar situações constrangedoras, como no caso da mãe do pequeno Pietro, como também criar situações de prejuízo financeiro.

No ano passado, a mãe de um menino de 4 anos relatou que o filho utilizou seu smartphone para comprar comida pela internet.

Sem que a mãe se desse conta, o garotinho encomendou vários sanduíches em um serviço de comida delivery online. Quando a compra chegou, a mãe negou que tivesse comprado algo do restaurante, até que o filho contou que havia pedido os sanduíches, contente por sua compra ter sido bem-sucedida.

Além disso, vale lembrar que o uso precoce da internet pode oferecer riscos também as crianças, que poderão estar expostas a criminosos sexuais e outros perigos.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo