A Justiça de Goiás, depois de o jovem ter saído do hospital, decidiu que o melhor seria que o atirador estivesse internado durante os próximos 45 dias. Tal como informa o site “Jornal do Brasil”, o adolescente vai ficar internado até ao dia do julgamento do caso pelo Juizado da Infância e Juventude, conforme previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente.

A juíza responsável por esse caso, que acabou chocando o país, também decidiu que o melhor seria que o autor do massacre em Goiânia fique completamente isolado dos restantes apreendidos no Centro de Internação Provisória da cidade, sendo esse o local mais provável, apesar de ainda não estar nada confirmado oficialmente.

Foi com enorme choque e tristeza que, nessa sexta-feira de manhã (19), o Brasil recebeu a notícia de que duas crianças haviam sido assassinadas dentro da própria escola, bem como outras quatro estavam internadas lutando pelas suas vidas. Mais macabro foi quando as autoridades informaram que o autor desses crimes bárbaros tinha sido precisamente um dos alunos do Colégio Goyases, uma escola particular, que estava no 8º ano e tem somente 14 anos de idade.

Tendo sido convencido por uma das coordenadoras do estabelecimento a não se suicidar no local, rapidamente o jovem aluno foi apreendido, tendo ido ao hospital e, um pouco mais tarde, sido interrogado pelas autoridades locais que estão tomando conta desse caso tão complicado.

Como garante o site “Jornal do Brasil”, a advogada da família, que está representado o jovem, garante que uma das principais preocupações agora é que o adolescente esteja seguro na internação.

Ela afirmou que vai informar a juíza que, devido à repercussão desse caso e de ser filho de militares, poderá haver um risco de poder ser agredido, ou então pior. Vale a pena recordar que, de forma completamente inesperada, o pai de um dos filhos que infelizmente perdeu a vida nesse massacre, já assumiu publicamente que desculpou o que esse jovem fez.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia

Ele afirmou que o autor dos disparos também acabou se tornando uma vítima da sociedade atual. Segundo a opinião dele, cada vez mais as crianças parecem ter menos respeito pela vida, além dos benefícios da socialização.

Nas redes sociais, as opiniões estão se dividindo acerca de como a Justiça deverá atuar com o jovem atirador, sendo certo que, na maioria das mensagens, é pedido que o julgamento seja muito sério e dê o exemplo para que, de uma vez por todas, acabem esses massacres nas escolas.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo