O eletricista João Cândido da Silva Neto da cidade de Santo Antônio da Platina, norte do Paraná, contou um fato que aconteceu com ele durante seu trabalho, em sua rede social, emocionando milhares de internautas. Cumprindo suas funções de ligar e desligar a energia elétrica de consumidores inadimplentes, o eletricista se deparou com uma situação que o deixou comovido. Os moradores da humilde casa de onde ele teria que desligar a energia foram exemplos de caráter e honestidade.

João Cândido fez o relato por meio de sua conta no Facebook. Ele disse que a empresa de energia na qual trabalha exigiu que ele fosse até a casa de determinada família para fazer o desligamento da energia elétrica. Segundo ele, essa família já estava com duas contas atrasadas.

Ele relata que, quando chegou a casa, havia uma mulher sentada num banco de madeira com 3 crianças por perto. "Você vai cortar a luz, moço?”, perguntou a mulher que recebeu a confirmação do eletricista.

Tudo bem, estou com duas atrasadas, mas só recebo dia 9”, completou. O eletricista então disse que já era dia 9 e explicou que, se ela pagasse a conta naquele dia, ele retornaria o mais rápido possível para religar.

Mas, ao terminar o serviço, o eletricista teve uma surpresa. Um dos filhos que estavam na casa se aproximou dele e pediu R$ 1,00. Comovido com a situação da família, João tirou a carteira do bolso e deu ao menino a única nota que tinha, R$ 5,00.

“É pra você repartir com suas irmãzinhas”, disse o eletricista ao entregar a nota para o menino. O menino balançou a cabeça positivamente e falou: “tá bão”.

João foi embora da casa, pensando na situação da família e na vulnerabilidade daquelas crianças.

A volta a casa e a surpresa emocionante

Mais tarde, a mulher conseguiu pagar a conta e João retornou a casa para fazer a religação da energia. Foi nesse momento que João se emocionou.

Alegre, a criança que havia pedido dinheiro aproximou-se do eletricista e disse: “Ainda bem que você veio!”. João pensou que o menino estava se referindo ao fato de que ele estava ali para religar a energia, mas não. Na mão do menino, havia uma nota de R$ 2,00, e ele disse que era o troco.

Neto disse que não queria troco, que era tudo deles. O menino questionou se não era para cada um ficar com R$ 1,00, já que havia 3 crianças na casa. O eletricista reiterou que era para eles ficarem com tudo.

Repercussão do caso

A honestidade do menino em devolver o troco ao eletricista tomou proporções gigantescas. Após postar a história no Facebook, vários internautas pediram o contato da família com o intuito de ajudá-la. O pai do menino, também demonstrando honestidade, ao saber dessa intenção, disse para o eletricista não se preocupar com eles, pois há famílias que passam por mais dificuldades e que precisam de mais ajuda.

O eletricista disse em seu relato que tanto a mãe quanto o pai estão desempregados e possuem problemas de saúde.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo