Você certamente viu a história do homem que foi flagrado agredindo uma idosa em plena praça pública. A polícia foi atrás de tentar elucidar a história e descobriu que o homem tem 72 anos e não é o mesmo que agrediu a mãe há alguns meses, história que revoltou o Brasil.

Desta vez, o homem é outro e sua história assusta, pois a mulher agredida, uma senhora de 70 anos, é ninguém menos que sua esposa.

O casal de idosos mora em São Vicente, no litoral de São Paulo, e o flagrante aconteceu na última quinta-feira, 26. O local da gravação foi a Praça Barão do Rio Branco, que fica no coração da cidade litorânea.

O vídeo acabou sendo feito por uma pessoa que passava pelo local e viu a idosa sofrer com tapas, empurrões e beliscões. A pessoa então chamou a polícia, mas no momento em que a viatura chegou, o casal já tinha ido embora.

Polícia identifica homem que agredia idosa de 70 anos em praça pública

O delegado de São Vicente revelou que logo depois de todos comentários e de saber que a história se passava em sua cidade, ele quis saber do que se tratava. Investigadores então conseguiram identificar o casal e viram que eles eram moradores do município e que tinham duas filhas.

Segundo os vizinhos do casal, ouvidos pela equipe do delegado Carlos Schneider, os dois não têm relatos de violência doméstica ou eventuais agressões.

Ao serem encontrados, os dois foram encaminhados na sexta-feira, 27, à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). Em exame de corpo de delito, nada foi constatado com a senhora, por conta disto, inicialmente o indiciamento do homem acontecerá por vias de fato (o mesmo indiciamento do cantor Victor da dupla Victor e Leo).

Homem é o responsável por cuidar de senhora

A delegada pediu uma medida protetiva em desfavor do senhor, mas o advogado dele disse que pretende reverter a medida, já que os dois não tem históricos de brigas e ele é o cuidador dela.

Os dois vivem juntos por pelo menos 50 anos, e ela agora foi diagnosticada com Alzheimer, e ele de depressão. O advogado ainda negou que ele praticou agressões, mas sim gestos acintosos contra a mulher.

Por conta do vídeo, conta o advogado, ele chegou a ser agredido ao chegar na delegacia e agora há também a preocupação com sua integridade física. O homem foi encaminhado a um local que não foi divulgado, para evitar linchamento.

No vídeo é possível ver que o suposto agressor desfere ao menos seis tapas, além de empurrões e beliscões contra a vítima idosa. O vídeo original, segundo uma testemunha, tem oito minutos.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo