Um homem foi preso pela Polícia acusado de ter assassinado uma mulher por volta das 21 horas de sábado (14), no bairro João de Deus, na cidade de Petrolina, no sertão pernambucano.

O acusado de ter cometido o crime bárbaro foi identificado pela polícia como Jeidson Santos de Morais, de 27 anos. Para as autoridades locais, Jeidson é o principal suspeito de ter assassinado a própria namorada identificada como Vanderléia Carvalho de Macedo, de 27 anos. Conforme informações repassadas pela polícia, o suspeito usou uma furadeira para matar a namorada durante uma discussão.

Publicidade

O suspeito foi preso em flagrante e confessou o crime.

Mulher é assassinada pelo namorado durante discussão

De acordo com a polícia, na noite do crime, a vítima estava conversando pelo WhatsApp e logo o acusado começou a implicar com as mensagens. O casal começou uma discussão e logo os ânimos se alteraram. Jeidson agrediu a vítima e, em seguida, pegou uma furadeira e começou a furar a jovem usando a ferramenta. Após cometer tal crime, o sujeito ligou para a família de Vanderléia relatando que ele havia a assassinado e pedindo que a mãe dela fosse até o local do crime.

Em seguida, ele fugiu do local tomando rumo ignorado.

A vítima foi encontrada sem roupas e com várias perfurações pelo corpo

Quando a mãe de Vanderléia chegou à casa da filha, ela confirmou a veracidade dos fatos e acionou a polícia. Conforme informações dos policiais que atenderam a ocorrência, a vítima foi encontrada nua com várias perfurações pelo corpo, inclusive, com algumas causadas por faca.

O local do crime foi isolado para o trabalho da perícia. Logo após, o corpo da mulher foi removido e levado para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade, onde passou pelos procedimentos necessários e, logo após, ficou à disposição da família.

Publicidade

Polícia prende o acusado do assassinato de Vanderléia e ele confessa o crime

A polícia fez uma ronda na localidade atrás de Jeidson. Após algumas horas o sujeito foi preso e levado para uma unidade da polícia da cidade. Na delegacia, o suspeito acabou confessando o crime e contou os detalhes sombrios de como matou a namorada. Ele revelou que estava com muito ciúmes da mulher pelo fato dela estar recebendo muitas mensagens pelo WhatsApp e, durante a discussão, ele perdeu a cabeça e a matou. Após o depoimento, Jeidson foi levado para um presídio da localidade.

Qual a sua opinião sobre esse crime bárbaro? Deixe o seu comentário abaixo.