Sabemos que nos dias atuais o WhatsApp é um aplicativo entre os mais acessados em todo o mundo. Ele tem revolucionado o modo da comunicação entre pessoas de qualquer parte do mundo. Com a sua função de ligação com áudio e vídeo, acabou ganhando a preferência mundial. Hoje, dificilmente alguém que possua um smartphone não tem o aplicativo instalado.

Com o sucesso em evidência, o WhatsApp também ganhou inúmeros vilões. Sim, pessoas mal-intencionadas têm usado o aplicativo para praticar crimes online.

Publicidade

Já surgiram vários casos, mas o mais novo Golpe tem feito um número ainda maior de vítimas. Um falso anúncio foi espalhado afirmando que, após clicar em um determinado link, o usuário do aplicativo ganharia o direito de receber a sua primeira Carteira nacional de Habilitação (CNH).

Milhares de pessoas caem em novo golpe online

O mais novo golpe se apresenta como sendo representante do Detran (Departamento Estadual do Trânsito) e do governo do Estado da Paraíba, anunciado 38.920 oportunidades para pessoas de todo o país terem a sua primeira habilitação gratuita, se referindo ao programa ‘’CNH Social’’ do governo federal, que possibilitará o inscrito o direito de possuir uma CNH nas categorias A e B de forma totalmente grátis.

O motivo de muitas pessoas estarem caindo no golpe é que de fato o programa ‘’CNH ‘’Social existe, mas apenas em alguns estados brasileiros e tem como exigência que o interessado seja beneficiário de algum programa social do governo federal, a exemplo do Bolsa Família e Chapéu de Palha, além de ser estudante da rede pública de ensino.

Usuários do WhatsApp recebem promessa de CNH grátis

Porém, o que poucos sabem é que o benefício de modo algum pode ser obtido por meio de um aplicativo, além de não ser necessário o compartilhamento de quaisquer links na web.

Publicidade

Os criminosos utilizaram um domínio falso denominado nossofgts.club, que teria sido utilizado para praticar outros crimes anteriores sob a promessa de saques do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço).

Os golpistas por trás do esquema utilizaram do link para fazer as pessoas espalharem o vírus para seus contatos e grupos, pedindo que fosse compartilhado para cinco pessoas para que o cadastro fosse efetivado e a vítima tivesse o direito da primeira CNH grátis.

Até o fechamento desse artigo, ao menos 100 mil pessoas teriam caído no golpe, inclusive, participando das páginas criada pelos golpistas para atrair as vítimas.

O sistema induz as pessoas a sempre estarem compartilhando o referido link em seu aplicativo para que mais pessoas sejam alcançadas.

O golpe tem a capacidade de copiar dados pessoais do indivíduo que segue os procedimentos descritos no golpe. Diante disso, a dica é que ao receber essa mensagem, o usuário deve apagá-la sem ao menos clicar no link.