Na noite desta segunda-feira (02) a Polícia descobriu um túnel que levaria diretamente ao cofre principal do Banco do Brasil, que fica situado na Chácara Santo Antonio, Zona Sul da cidade de São Paulo. A informação da descoberta desse túnel foi dada em primeira mão na edição do Jornal Nacional, da Rede Globo.

O túnel foi descoberto dentro de uma residência. Os bandidos tinham feito toda uma estrutura para a construção do mesmo.

Na residência onde estava sendo feita a ação, a Polícia encontrou muita comida e bebida armazenadas em geladeiras, equipamentos de segurança para o trabalho de escavação, roupas especiais, além de ferramentas, que segunda a reportagem eram fabricadas pelos próprios criminosos.

Segundo o site G1, 16 pessoas foram presas nesta investigação, só que em outro endereço, outra residência que foi alugada pelos bandidos, já que a residência onde estava sendo construído o túnel no subsolo foi comprada pela quadrilha.

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Fábio Pinheiro Lopes, a quadrilha envolvida nesta ação já vinha sendo investigada pela polícia por aproximadamente dois meses. O delegado afirmou que todos os passos dos criminosos estavam sendo monitorados, até que a ordem de prisão fosse dada nessa segunda-feira, pois segundo o delegado, a obra já estava pronta.

"Por isso resolvemos fazer a operação e prender quase todo mundo. Prendemos os líderes, se escapou algum [integrante] foi mão-de-obra", afirmou o delegado.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Maior assalto do mundo

O delegado ainda afirmou que a quadrilha fez um investimento muito alto na abertura do túnel que levaria diretamente ao Banco do Brasil. Segundo a Polícia, a quadrilha gastou cerca de 4 milhões de reais para a construção do túnel, cada participante teria investido cerca de 200 mil reais para depois colher os frutos, já que a estimativa era que fosse roubado 1 bilhão de reais, o que faria a quadrilha entrar para a história, já que em nenhum outro lugar do mundo foi feito um assalto de tamanha proporção com tanto dinheiro envolvido.

A extensão do túnel era de 500 metros, e ele ligava o quarto da casa ao cofre do Banco pelo subsolo. A construção foi feita de toras de madeira e barras de ferro muito bem montadas. Em seu interior, todo iluminado e com um espaço suficiente para os criminosos andarem de pé até o acesso ao cofre do Banco do Brasil onde a quantia exorbitante seria roubado pelo grupo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo