Uma mãe de primeira viagem, que estava em sua residência, com um bebê recém-nascido de apenas 4 meses, que infelizmente chorava desesperadamente, teve uma surpresa nada agradável, na noite desta quarta-feira, dia 01. Uma Vizinha irritada, colocou por debaixo de sua porta, um bilhete malcriado e irônico, solicitando que ela controlasse e calasse a boca do bebê.

No bilhete estava escrito: "Querida vizinha, se você não consegue calar sua filha, arranje quem cale, pois o choro dela está atrapalhando o sono dos meus filhos.

Obrigada".

O caso aconteceu com uma mãe de 25 anos, farmacêutica, que não teve a sua identidade revelada, residente em um prédio no Jardim Camburi, na cidade de Vitória (ES), que ficou extremamente chocada com a reação da vizinha e resolveu publicar um desabafo nas suas redes sociais. A publicação viralizou na web, obteve muitos comentários e compartilhamentos dos internautas, que também ficaram revoltados com a situação.

A farmacêutica conta que não pensou que sua postagem iria ter uma repercussão tão grande, mas que fez a postagem para fazer um desabafo, porque se sentiu invadida na sua própria casa Ela conta ainda, que não tem ideia de quem seja o vizinho que deixou o bilhete, mas que acredita que pode ser uma mulher, pois, o texto acaba com um "Obrigada", e por sinal pode ser outra mãe, já que o bilhete menciona de filhos.

A mãe afirma ainda, que mora em um prédio que possui 6 apartamentos por andar e que não imaginou que alguém pudesse ter tanta maldade de fazer um absurdo desses, que o vizinho que fez é uma pessoa muito intolerante, pois, apesar de sua filha estar chorando muito e estar incomodando, a abordagem foi inapropriada e maldosa. A farmacêutica acredita que a vizinha poderia ter tocado a campainha e perguntar se precisava de auxilio, mas em nenhum momento ela se importou com a criança.

Na postagem feita em seu Instagram, a mãe conta que a criança tem uma alergia alimentar grave, sendo diagnosticada com APLV (alergia a proteína do leite de vaca), e que por isso desde que foi descoberta a restrição, a bebê está sem consumir leite, soja, oleaginosas, ovo e trigo, e que ela tem se alimentado somente pelo leite materno.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Famosos

Contou ainda que a alergia foi descoberta a pouco mais de um mês, e que ela tem feito uma dieta rigorosa, mas que tem descoberto o que dá reação alérgica na filha, aos poucos, e que por isso tem sido dias muito difíceis, com muito choro, muitas cólicas, e que como fica sozinha em casa, já que o marido trabalha embarcado, as vezes precisa deixar a bebê por alguns instantes sozinha, para tomar banho.

A condição da bebê deixou os internautas mais chocados com a atitude da vizinha, que comentaram afirmando que ela seria uma pessoa sem noção, e perguntaram se ela tinha filhos.

A mãe indignada, acredita que se os vizinhos soubessem da condição de sua filha, talvez eles fossem mais compreensivos, pois, não é a primeira vez que casos como este acontecem com ela, mas que foi a primeira vez que recebeu um bilhete.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo