A morte da radiologista, de 22 anos, Kelly Cadamuro, foi mais uma das notícias que abalou a população nas últimas semanas. Dedicada e trabalhadora, a jovem tinha planos e lutava para conseguir os mesmos, mas um acidente retiraria todo o grande futuro da menina. No dia 2 de novembro, Kelly foi encontrada morta entre Frutal e Itagaegipe, cidades de Minas Gerais. O responsável pelo crime se chama Jonathan e foi detido horas depois do corpo ser encontrado.

Brutalmente assassinada, o caso da jovem ganhou repercussão nas redes pela forma que ocorreu. Naquele dia, Kelly estava indo para a casa de seu namorado, que inclusive havia pedido para que a mesma tivesse cuidado. No trajeto, por aplicativo, Kelly deu carona a um desconhecido, que havia a enganado, dizendo que estaria indo encontrar a namorada. Kelly não conseguiu concluir o destino. Entre o trajeto, Kelly foi assassinada.

A jovem, que teria feito contato com o namorado durante o trajeto, demonstrava normalidade ao telefone, mas a viagem acabou se tornando uma tragédia assim que a mesma desligou o aparelho celular. O carro de Kelly foi encontrado abandonado, entre Frutal e Itagagipe, Triângulo Mineiro, e a mesma foi encontrada morta ao lado de um córrego. No mesmo dia, a polícia encontrou o suspeito do crime e o prendeu.

O castigo parecia ter chegado para Jonathan. Detido no presídio de Frutal, o mesmo confessou o crime, não deixando dúvidas sobre sua culpa. Mas não parou por aí, o laudo precisaria ainda sair para indicar sentença para o Assassino. Refazendo a cena de crime, a polícia busca averiguar se a vítima teria sofrido violência sexual também. Até agora, foi confirmada a morte por estrangulamento, após ter sido amarrada e arrastada até o córrego.

O autor do crime, de 33 anos, diz que sua intenção era apenas roubar o carro da jovem e seu dinheiro. Mas não foi apenas isso que ocorreu naquele dia. Jonathan paga pelos seus crimes, e parece que outro tipo de justiça chegou para o mesmo. Companheiros de cela arranjaram briga com Jonathan e teriam o machucado. A notícia correu pela rede, alguns chamam de justiça divina, outros dizem que o assassino está pagando pelos seus pecados.

Toda a população sofreu com o luto pela tragédia ocorrida com Kelly Cadamuro. A família da jovem não se pronunciou sobre o caso e aguarda o laudo final, na espera que a justiça seja feita e o assassino pague por tudo que fez com Kelly.

Deixe seu comentário.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo