Uma menina que está desaparecida há pelo menos seis dias resolveu usar a rede social Facebook para dizer que havia saído de casa por vontade própria. A adolescente foi identificada como Rosiane Oliveira, de 13 anos. No perfil da jovem, ela está casada e morando fora do estado do Acre, onde morava com a família. No post, em poucas palavras a jovem acusou o companheiro da mãe de ter abusada sexualmente dela.

Segundo a adolescente, a mãe, identificada como Raimunda Oliveira, que é empregada doméstica, sabia dos abusos, mas não fez nada para impedir.

Publicidade

Raimunda, por sua vez, rebateu as acusações feitas pela filha, acrescentado que Rosiane está mentindo e fez essas acusações apenas para lhe prejudicar.

Segundo a mãe, a adolescente não é casada, como afirma no post. Ela tem apenas um namorado e todos do bairro sabem disso. A mulher disse que tem um relacionamento amoroso com o homem há mais de 9 anos, mas eles não moram juntos, acrescentado que o namorado só vai em sua residência quando ela está em casa.

Raimunda também falou sobre a afirmação de a filha estar casada.

Ela suspeita que o jovem com quem a filha diz estar casada seja um irmão de uma amiga, que desapareceu junto com ela na última sexta-feira (10). Desde então, a filha não foi mais vista. Porém, a mãe do jovem, identificada como Mayara Nascimento, negou as afirmações feitas por Raimunda, relatando que o filho não tem nenhum relacionamento com a menina, acrescentado que vai processar Raimunda por falsas acusações. De acordo com Mayara, a família está passando por vários constrangimentos devido às acusações.

Publicidade

Conforme relatos, a mãe da jovem desaparecida acredita que a filha esteja fazendo isso por influência de amigos. Raimunda disse que, na quarta-feira (14), estava vasculhando o celular da filha e encontrou um vídeo onde aparece a menina completamente bêbada na companhia de vários amigos.

De acordo com a mulher, o vídeo foi gravado um dia antes de fugir de casa. Nesse mesmo dia, ela tinha que estar em um curso. A mãe da menina relata que ela saiu de casa devido ao vídeo, pois pensou que, após a mãe ver as imagens, seria expulsa de casa.

Por fim, a mãe da adolescente disse que já foi até a delegacia da cidade, onde registrou um boletim de ocorrência relatando o sumiço da filha. A imprensa local, entrou em contato com o delegado Cleylton Videira, titular da delegacia onde a mulher registrou a queixa, mas não teve respostas sobre o caso. Até o fechamento deste artigo, a Polícia ainda não havia encontrado paradeiro da adolescente.