Diariamente, acompanhamos nos noticiários vários casos graves de crimes cometidos contra as mulheres. Delitos dessa natureza são tão recorrentes no Brasil que foi necessário criar uma lei para tentar inibir que crimes desse tipo pudessem ser erradicados ou pelo menos reduzidos. A lei Maria da Penha e a lei do feminicídio foram feitas para tentar dar um basta nesse tipo de situação no país. Mas, infelizmente, esses crimes contra a mulher são constantemente veiculados na imprensa.

Uma jovem cheia de sonhos viu seu mundo desmoronar ao ser vítima desse tipo de crime. O desabafo emocionado da garota chamou a atenção nas redes sociais e comoveu os internautas. Vítima de agressão do namorado, a jovem Carla Regina Januário, de 29 anos de idade, fez um desabafo emocionado na internet.

A mulher trabalha como vendedora em Votuporanga, interior de São Paulo. Segundo Carla, o desabafo nas redes sociais foi feito com o intuito de incentivar que outras mulheres que estejam sendo vítimas de um relacionamento abusivo não tenham medo de denunciar.

A postagem da jovem foi feita na última terça-feira (14), em seu perfil do Facebook. Ela também publicou fotos que comprovam as agressões sofridas pelo namorado, além de ter feito a denúncia à Polícia.

O rapaz prestou esclarecimentos para a polícia e depois de efetuar o pagamento de uma fiança no valor de um salário mínimo foi liberado. O homem vai responder pelo crime em liberdade. Ele foi indiciado pelos crimes de lesão corporal e também por ameaça de morte.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

É possível perceber nitidamente na foto publicada por Carla o nível de agressividade de seu ex-namorado. A garota aparece na imagem com o rosto muito inchado, bem desfigurado, muito diferente da sua aparência normal. Ela pediu desculpa pelo desabafo feito na rede social, mas deixou claro que fiz isso para encorajar outras mulheres que estejam passando pelo mesmo tipo de sofrimento.

O post da jovem teve quase duas mil curtidas até está quinta-feira (16) e havia sido compartilhada na internet aproximadamente 110 vezes.

Além de ter obtido vários comentários de parentes e amigos e até mesmo de pessoas fora do seu círculo de amizade. Muitos deixando mensagens de solidariedade.

Agressão

Segundo informações da vítima, ela e o agressor já mantinham um relacionamento há dois anos e decidiram ir morar juntos cerca de quatro meses. Carla contou que foi agredida pela última vez quando eles estavam retornando para casa e o combustível do veículo acabou.

Eles iniciaram uma discussão dentro do carro e foi quando o rapaz acabou a agredindo. De acordo com a jovem, o homem somente parou de bater nela quando conseguiu sair do carro e começou a gritar por socorro. Duas pessoas que estavam transitando na rua pediram ajuda da polícia. O agressor foi localizado pela polícia no mesmo dia e encaminhado para prestar esclarecimentos na delegacia.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo