Companheiros de equipe do atual campeão de Fórmula 1, Lewis Hamilton, foram assaltados na noite da última sexta-feira (10), próximo ao autódromo de Interlagos, em São Paulo. O crime, claro, repercutiu negativamente em todo país e também em todo mundo. Não poderia ser diferente, já que as corridas de 'Fórmula 1' têm um público bastante grande.

Esse evento é realizado em vinte países. Alguns desses lugares são alvos de terrorismo como, por exemplo, Espanha, Estados Unidos e Inglaterra.

Quando realizaram as provas nesses países, nada aconteceu. Aí a prova vai ser realizada no Brasil, e assaltam a equipe de dos principais pilotos que é o Lewis Hamilton, que é o atual campeão da categoria. Aí você imagina o tamanho da repercussão internacional desse fato. Muitas pessoas que estavam assistindo à corrida e souberam do ocorrido se indignaram. "A imagem do nosso país já está ruim, ainda acontece isso", disse um fã que estava prestigiando a corrida.

Como tudo aconteceu

A equipe do piloto inglês estava numa van e tinha acabado de sair do autódromo. Quando eles passavam pela a avenida Interlagos, foram rendidos. O assalto aconteceu por volta das 20h da noite da última sexta-feira (10). O ataque foi em um ponto bastante movimentado da avenida. As vítimas contaram que saíram do autódromo em uma van em direção ao centro da cidade, quando um carro se aproximou. Os criminosos abordaram as pessoas, encostaram armas nas cabeças dos funcionários e levaram tudo de valor que tinham dentro do carro.

Hamilton desabafa nas redes sociais

O campeão mundial falou sobre o assalto em sua conta no Twitter. "Alguns membros da minha equipe foram amedrontados e tiveram armas apontadas em direção as suas cabeças, quando estavam saindo do circuito. Isso é muito triste", desabafa Lewis. Em um outro post, o piloto faz um desabafo e fala que esse tipo de crime acontece todos os anos aqui no Brasil e pede para que as equipes se sensibilizem e tentem fazer algo.

"Não tem desculpas", disse ele.

Sobre o assalto, a equipe fez um boletim de ocorrências via internet. A delegacia só vai ter acesso a essas informações na segunda-feira. A equipe da Mercedes confirma tudo que aconteceu, mas disse que não vai passar mais detalhes. Já a organização do evento disse que vai reforçar a segurança para que as equipes possam ir e vir do autódromo de Interlagos com alguma tranquilidade.

Mas todos nós sabemos que o Brasil não vive um dos melhores momentos. A violência tomou de conta do nosso país e as autoridades não conseguem uma forma de parar tudo isso. O certo é que mais uma vez ficamos mal visto em todo o mundo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo