ais uma tragédia ganhou repercussão nas redes sociais. Desta vez, a ocorrência foi na cidade de Ilhéus, no interior da Bahia. O policial militar Carlos Geovane, de 23 anos, tirou a própria vida com um tiro na cabeça, fato ocorrido por volta das 19h de última segunda-feira (30).

O soldado Geovane, como era conhecido, se suicidou quando estava em sua residência na 5ª travessa, da famosa Avenida Princesa Isabel, em Ilhéus.

Publicidade
Publicidade

De acordo com as informações, o policial é filho de um músico conhecido no município e nos últimos dias estava passando por alguns problemas com a namorada, que não teve o nome divulgado.

Algumas pessoas próximas ao soldado afirmaram que há pelo menos três meses ele vinha demonstrando um desiquilíbrio emocional, mas ninguém imaginava que o pudesse fazer com que ele decidisse tirar a própria vida.

Publicidade

Geovane residia em Ilhéus, mas há pelo menos três anos era lotado na 61ª Cia. da Policia Militar de Ubaitaba e prestava serviço na cidade vizinha de Ibirapitanga. O incidente acabou chamando a atenção de toda a região e logo a notícia se espalhou por toda a Bahia.

Antes de cometer suicídio, policial militar deixa desabafo nas redes sociais

O policial utilizou seu perfil no Facebook para expressar a dor interna que estava sentindo momentos antes de se suicidar.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Política

Quando publicou a mensagem, muitas pessoas que fazem parte da sua rede de amigos começaram a comentar em sua post, perguntando o que estava acontecendo e ao mesmo tempo pedindo para que ele não ficasse calmo, pois tudo iria passar.

Mesmo diante de tantos pedidos, o policial não respondeu a mais ninguém, pois já estava decido a pôr um fim em sua vida. Alguns minutos após a publicação, veio à tona a notícia do seu falecimento.

O que mais chamou a atenção neste caso é que o soldado descreveu em seu texto que teria confiado em muitas pessoas, mas acabou se decepcionando. Em alguns momentos, Geovane chega a culpar até Deus, que, segundo ele, também não havia atendido as suas preces. “O que encobre as suas transgressões nunca prosperará, mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia (Provérbios 28:13)”, escreveu o soldado no início do seu desabafo.

Publicidade

Logo em seguida, ele escreveu como se estivesse falando com Deus, onde afirma que o Todo Poderoso sabia o quanto ele havia mudado, após assumir suas transgressões. Geovane diz que teria mudado, mas não teria alcançado a misericórdia por parte de Deus. “Eu tentei, fui para cima dos meus problemas de toda a minha força, porém, mesmo assim, o Senhor não me ajudou. Pelo contrário, eu só tive mais problemas...”, escreveu.

Publicidade

No texto, o soldado ainda enfatiza o seu desejo de viver, mas, diante de tantos problemas, ao ver as coisas dando errado em todas as áreas de sua vida, decidiu pôr um fim em tudo da pior maneira.

Veja abaixo a carta de despedida deixada pelo soldado no Facebook:

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo