Nessa quarta-feira, 22, vazaram imagens de uma conversa de WhatsApp onde uma empregada é chamada pela patroa e em seguida acabou sendo demitida. O motivo é o que mais chamou a atenção dos internautas, que ficaram de boca aberta. De acordo com as mensagens no aplicativo, a ‘madame’ se revoltou com a moça por que ela teria usado o banheiro da casa sem a permissão da dona. Além disso, a patroa ainda reclamou que a empregada também usou talheres e depois detonou a moça, a chamando de ‘mal-educada’ e ameaçou jogar toda a conversa do WhatsApp nas redes sociais para que outras mulheres não contratem a empregada.

A dona da casa, revoltada, detonou que não precisa mais usar os talheres que a empregada acabou utilizando e disse que vai jogar todos no lixo. “Não quero esse tipo de pessoa em minha casa. Também joguei os talheres e o prato que você comeu fora”, detonou ‘dona Juliana’, a madame e dona da casa onde a funcionária trabalhou. Em seguida, a empregada não suportou as afirmações de sua ex-chefe e disse que nunca mais faria qualquer serviço para ela e, também, explicou que trabalhou pesado por muito tempo e a ‘paga’ que ela teria recebido foi a reclamação da chefe.

“Trabalhei feito igual uma condenada e não tinha o direito nem de usar o banheiro”, disse a funcionária. ‘Dona’ Juliana ainda disse que seria melhor que a empregada usasse os talheres de plástico, ao invés dos outros e também afirmou, na conversa, que o banheiro não era para ser utilizado pela empregada porque apenas um está em funcionamento na casa.

A funcionária, depois de ser humilhada e detonada pela ex-chefe, disse que infelizmente “o mundo está cheio de pessoas como a dona Juliana” e até não acreditou que estava passando por uma situação igual àquela da conversa.

E em seguida, a funcionária disse que fez muito para ajudar a deixar a casa da chefe organizada, no entanto, o seu trabalho acabou não sendo valorizado e, em seguida, a empregada disse: “Isso é coisa de gente doente”, afirmou. Foi o bastante para que a dona da casa, ‘Juliana’, detonasse que ‘além de nojenta a empregada também é mal-educada’, afirmou a patroa, que em seguida ameaçou espalhar a conversa nas redes sociais.

No Facebook, muitos seguidores não estavam acreditando no que estavam vendo e detonaram: “Queria ver ela com uma dor de barriga se não ia usar o do recife público”, afirmou uma internauta. Outros seguidores saíram em defesa da empregada e deram apoio para que a funcionária não desista de ganhar o seu pão de cada dia trabalhando justa e dignamente. Além disso, também defenderam que a funcionária deva procurar os seus direitos na Justiça brasileira.

Siga a página WhatsApp
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!