Um crime bárbaro chocou, na manhã desta segunda-feira (4), a cidade de Pilar do Sul, na Região Metropolitana de Sorocaba, no interior de São Paulo. Um homem de 56 anos matou a facadas a ex-mulher [VIDEO], a nora e ainda tentou cometer suicídio [VIDEO]. O caso aconteceu no bairro Jardim Campestre II.

Segundo informações passadas pela Polícia Militar, o acusado, conhecido na cidade como João Tigre, esperou o filho sair para invadir a residência onde estavam as das mulheres, além de uma criança de 6 meses. Ainda de acordo com a PM, vizinhos escutaram gritos vindos da casa e ligaram para a polícia, que, ao chegar no local, encontrou os corpos das vítimas trancados no banheiro.

João Tigre matou a ex-mulher Claudelice Alves da Silva, de 45 anos, e sua nora, Alessandra Gomes Vieira, de 28 anos. A criança, filha de Alessandra, estava sozinha em uma cama no quarto.

O acusado de cometer o duplo homicídio também estava no banheiro. Ele havia tentado suicídio também usando a faca. Com ferimentos nos pulsos, tornozelos e tórax, ele foi encaminhado ao hospital da cidade, onde recebeu atendimento e medicação e depois encaminhado até a delegacia. Os corpos das vítimas foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Sorocaba.

A polícia também informou que uma medida protetiva já havia sido pedida pela ex-mulher. De acordo com informações apuradas, João Tigre, não se conformava com a separação. O caso será investigado.

Esfaqueada em churrasco

Outro crime cuja vítima foi morta esfaqueada ocorreu na cidade de Pilar do Sul no final de semana durante uma briga em um churrasco e teria motivação passional.

Os melhores vídeos do dia

A vítima deixa uma filha de 6 meses de vida.

De acordo com relato de testemunhas, Elisandra Vitória Cássia de Oliveira, de 20 anos, participava de um churrasco com amigos em um sítio da cidade, no bairro Boa Vista, no último sábado (2), quando outra jovem, de 19 anos, que não havia sido convidada, chegou ao local e teve inicio uma discussão.

Durante o desentendimento, a acusada teria ido até a cozinha, pegado uma faca e, em seguida, desferiu um golpe no tórax da vítima, que chegou a ser socorrida e levada para um hospital, mas chegou ao local já sem vida. A acusada fugiu do local, mas no final da noite foi encontrada pelos policiais escondida em um depósito de lixo. Levada à delegacia, ele foi autuada por homicídio e encaminhada ao Presídio Feminino de Votorantim, onde segue à disposição da Justiça.