Um crime hediondo e chocante que vitimou uma jovem mulher grávida estampa as principais manchetes dos jornais do Brasil. Um homem teve a coragem de matar a esposa grávida de 8 meses, que estava com o parto marcado para esta segunda-feira (18).

De acordo com o portal de notícias online 'G1', o corpo da garota, identificada como Daiane Reis Mota, foi encontrado na manhã do último domingo (17) por um grupo de ciclistas que fazia uma trilha pela mata no povoado de Murici, localizado na cidade de Serrinha, que fica a aproximadamente 185 km de Salvador capital da Bahia. Logo depois da descoberta, os atletas chamaram a policia.

Crime macabro

Segundo a Polícia Civil, o marido de Daiane foi preso na tarde do último domingo e acabou confessando o crime. O suspeito foi identificado como Adilson Prado Lima Júnior. De acordo com os investigadores, na noite de sábado, depois de matar a esposa grávida, ele afirmou para a família da jovem que Daiane havia desaparecido depois que foi deixada em uma loja para fazer compras. No mesmo dia a polícia foi informada do sumiço da jovem pelo próprio suspeito, mas desconfiou do marido, que acabou preso e confessando o assassinato.

O delegado Hildebrando Silva, responsável pelas investigações, relatou que o homem convidou sua esposa para ver um terreno que ele gostaria de comprar. Eles saíram no carro do irmão da vítima e ao chegar ao local, ele executou a esposa com um tiro na nuca.

O delegado afirmou que logo depois que o suspeito matou a esposa, chegou a pensar em tirar a própria vida, porém, não teve coragem e por isso inventou toda a história para tentar encobertar o crime. Logo depois do crime, o homem chegou a esconder o celular da esposa para tentar dificultar a identificação do corpo e tentar atrapalhar o trabalho da policia.

Motivação

Em depoimento, Adilson revelou que matou a esposa grávida de oito meses por ciúmes. Ele disse para a polícia que encontrou algumas mensagens no WhatsApp de Daiane e que não gostou do que viu, por isso decidiu matá-la. O conteúdo das mensagens não foi revelado pelos investigadores.

Enterro no dia do parto

Daiane estava feliz e ansiosa para o parto marcado para esta segunda-feira, mas na manhã de hoje o corpo da jovem foi sepultado sob forte comoção e muita revolta. O velório e sepultamento da jovem aconteceu no Cemitério Jardim das Acácias, do bairro Cidade Nova, centenas de pessoas acompanharam o cortejo em um clima de grande tristeza.

Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!