O Instituto Nacional do Seguro Social é o órgão do governo federal que tem a função de conceder benefícios previdenciários aos trabalhadores brasileiros. O INSS vive hoje um imenso destaque nos telejornais brasileiros, tendo em vista que o órgão pode sofrer mudanças enormes.

O governo de Michel Temer tem em sua base de ações, a reforma da previdência social. Uma tentativa que o presidente parece não cansar de buscar alcançar. Temer articula juntamente com o mais alto escalão do governo brasileiro em busca de conseguir apoio no congresso brasileiro para que mudanças sejam feitas na concessão dos benefícios.

O governo, com a tentativa de endurecer as concessões, alega que se tais medidas ofensivas não forem realizadas o sistema brasileiro logo quebrará, como aconteceu com o sistema do governo grego, quando milhares de cidadãos deixaram de receber seus benefícios mensais.

Na contramão, o INSS comete erro grave que possibilita aposentado pedir aumento da aposentadoria

No ano de 2015, mais precisamente a partir do dia 15 de Junho, o governo brasileiro autorizou e sancionou a lei conhecida como 85/95. Nessa lei, os trabalhadores brasileiros deveriam somar sua idade com os anos trabalhados e se a soma chegasse ao número maior ou igual a 85 para mulheres ou 95 para homens o cidadão brasileiro passaria a ter direito à aposentadoria.

Ocorre que com essa regra o fator previdenciário que defasava e muito o salário do cidadão deixava de ser aplicado e o que ocorreu foi que muitos brasileiros tiveram o fator aplicado a essa nova regra, reduzindo o valor do benefício.

Como consigo ver se fui prejudicado e meu salário foi reduzido?

Para verificar isso é fundamental que o segurado do INSS pegue sua carta de concessão de benefício, aquela que o INSS envia para você quando o benefício é concedido.

Nessa carta poderá ser verificado se o fator previdenciário foi aplicado ao seu benefício. Após isso, é importante verificar se todos os períodos trabalhados que constavam em sua carteira de trabalho foram adicionados ao processo administrativo de concessão do benefício. Uma vez que você localize o erro e veja que existe alguma inconsistência o segurado pode procurar uma agência do INSS ou mesmo agendar pela internet ou pelo telefone 135 para que uma hora seja agendada e a revisão seja avaliada por um dos servidores do instituto.

Dúvidas devem ser sanadas com um dos funcionários do instituto nacional do seguro social.

Não perca a nossa página no Facebook!