Não existe casamento perfeito, a vida a dois é bem mais complicada do que o que vemos por aí nas redes sociais onde casais postam fotos amorosas e de uma vida conjugal impecável. O relacionamento, às vezes, pode passar por alguns testes na vida, alguns podem até fortalecer o casal, mas algumas crises podem acabar com um casamento.

Então, quando a crise no casamento vem acompanhada de uma traição, é muito mais difícil o casal conseguir superar uma quebra de promessa que foi feita no altar. Na maioria dos casos de traição, o casamento acaba, pois, perdoar alguém que te jurou fidelidade por toda a vida é bem complicado.

Segundo uma pesquisa realizada pelo o escritor e conselheiro Gary Neuman, 48% dos homens mentem para suas companheiras por não estarem satisfeitos emocionalmente. O terapeuta familiar escreveu o livro "Verdade sobre a traição", que retrata sobre o assunto da infidelidade masculina. Ainda de acordo com o escritor, que durante a pesquisa entrevistou vários homens casados e solteiros, a maioria dos casos extras conjugais geralmente acontecem no local de trabalho.

A infidelidade sempre será um tema polêmico em qualquer lugar pois se trata de uma quebra de aliança. E mais um caso de traição está gerando polêmica nas redes sociais. O caso que está sendo compartilhado aconteceu na pequena cidade de Itaboraí, estado do Rio de Janeiro, onde uma mulher, que se diz missionária de uma igreja evangélica, decidiu mandar algumas fotos íntimas para seu amante.

Até aí tudo bem, mas, o fato é que o amante da mulher se trata de um pastor, e para piorar a situação, ele é casado. A missionária foi identificada como sendo Alcimerie Santos. A polêmica foi parar na internet depois que a esposa traída pelo o pastor, viu todas as fotos indecentes enviadas pela a mulher no celular do seu esposo.

Como era de se esperar a esposa traída ficou revoltada com a traição absurda do marido e resolveu expor o caso amoroso no Facebook para denigrir a imagem da amante.

Na foto que foi divulgada, a missionária aparece vestida apenas com roupas íntimas e segurando um coelhinho na mão. Como era de se esperar, logo que a foto foi postada, tanto o pastor, quanto a amante dele, receberam inúmeros comentários criticando a indecência dos amantes. A missionária disse que por ter recebido muitas mensagens ofensivas decidiu excluir sua conta no Facebook.

Segundo alguns relatos, esse caso ocorreu no mês de novembro, mas estourou nos sites de notícias somente hoje. O pastor, que não quis revelar seu nome, confirmou toda a história, mas confirmou que se trata de um fato antigo, e que já foi perdoado por sua esposa, e já havia pedido perdão aos fiéis de sua igreja. O pastor ainda pediu para que as pessoas parassem de republicar o caso, pois para ele isso já é passado.

Não existe ninguém perfeito, e o fato dele ser um homem que devia pregar contra o adultério, ele é um ser humano e está sujeito a cometer erros, assim como todo mundo. Qual sua opinião em relação a este assunto? Comente.

Não perca a nossa página no Facebook!