Um pai tirou a vida de três homens por supostamente terem assediado a filha dele.

O assédio em relação à menina aconteceu na cidade de Itajubá, região Sul de Minas, fazendo com que o pai da jovem, que tem 34 anos de idade, decidisse de forma instantânea que iria resolver tal assunto do modo dele, o que acabou resultando no assassinato de três homens, sendo que, entre as vítimas, encontrava-se um idoso de 91 anos de idade.

O crime bárbaro teve como palco de execução a avenida Clemente Teodoro da Silva, que atravessa o bairro de nome Capetinga, em torno 16h30, conforme informações veiculadas pela Polícia Militar de Minas Gerais.

Tanto é assim que o jovem pai foi ao local do crime dirigindo um veículo Chevrolet Opala preto e já saiu do automóvel com arma em punho, atirando sucessivamente contra as vítimas acusadas por ele próprio de terem mexido com a filha.

Imediatamente vieram a óbito um indivíduo de 41 anos, outro homem de 51 e um cidadão de 91 anos.

Havia ainda uma quase quarta vítima, a qual também recebeu projéteis em sua direção, no entanto, teve tempo hábil de fugir sem nenhum ferimento.

Logo após o triplo assassinato, o autor dos disparos tratou de fugir rapidamente do local do crime para ser detido em flagrante em uma academia localizada no bairro Boa Vista, local que fica relativamente próximo de onde ocorreu a execução.

De acordo com as autoridades policiais responsáveis pela prisão e condução do pai “justiceiro”, o mesmo teria dito aos PMs que a motivação para que os três indivíduos tivessem sido executados foi em função deles terem assediado descaradamente a sua filha.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Vale frisar de que a moça pivô dessa tragédia não teve a sua idade revelada pela Polícia Militar até o momento do fechamento deste artigo.

As investigações policiais estão em momento de construção, entretanto, já se faz presente uma segunda versão para o crime de Itajubá. O depoimento do quarto homem que conseguiu escapar sem ser alvejado será de suma importância para esclarecimento completo em torno dos homicídios.

A arma utilizada na execução tripla foi um revólver calibre 38 municiado, encontrado posteriormente jogado em terreno baldio no bairro Varginha.

Quanto aos três corpos, esses foram liberados para a funerária depois que os peritos fizeram os procedimentos de rotina.

A pergunta que fica no ar é se tal caso não passou de um assassinato frio se fazendo justiça com as próprias mãos ou se qualquer outra pessoa no lugar desse pai faria o mesmo?

Dê você também a sua opinião no espaço abaixo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo