Responsável por determinar a apreensão do passaporte do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o juiz Ricardo Leite, da 10a Vara da Justiça Federal do Distrito Federal, afirmou que enxerga a possibilidade de prisão de Lula como “real e iminente”. A afirmação foi feita pelo juiz em sua decisão, anunciada nesta quinta-feira, dia 25.

A defesa de Lula se disse “estarrecida” com a apreensão do passaporte, mas afirmou que irá entregar o documento ainda nesta sexta-feira, dia 26. Também em sua decisão, o juiz afirmou ter optado por apreender o passaporte do ex-presidente devido à “possível fuga do país” que, segundo ele, Lula poderia realizar até “países sem acordo de extradição com o Brasil”, ou territórios de nações que poderiam lhe conceder asilo político.

Em nota, a defesa do ex-presidente e o Partido dos Trabalhadores (PT) condenaram a decisão, afirmando que ela cerceia o direito de ir e vir de Lula.

Ainda antes da decisão que culminou na condenação e no aumento da pena pelo TRF-4, Lula havia anunciado que irá realizar uma caranava pelo Rio Grande do Sul. Segundo informado pelo próprio ex-presidente, o roteiro começará por São Borja, cidade natal do ex-presidente Getúlio Vargas.

Também nesta quinta-feira, o PT confirmou a pré-candidatura de Lula à presidência, mesmo com a tendência provável de que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) barre o registro da candidatura devido à condenação em segunda instância [VIDEO]. O partido ainda irá recorrer da decisão no próprio TRF-4 e a instâncias superiores.