Na manhã desta quinta-feira (25), por volta das 6h30, aconteceu um princípio de incêndio no plenário principal da Câmara dos Deputados. O fogo foi descoberto pelos próprios técnicos plantonistas que trabalham na Casa do Legislativo.

Conforme informações preliminares da assessoria de imprensa da presidência da Câmara, acredita-se que a causa do incêndio tenha sido provocada por um curto-circuito no local.

Algumas partes dentro da Casa precisaram ser interditadas, porém, conforme a assessoria, o fogo foi controlado e a situação já voltou ao normal. No local do Acidente, uma equipe técnica realizou uma perícia para identificar precisamente a origem do problema.

O Corpo de Bombeiros foi ao local e constatou que em uma das luminárias do teto, ocorreu um curto-circuito. Devido ao fato de terem caído faíscas incandescentes sobre as poltronas e acabou incendiando quatro delas.

No momento do Incêndio, não havia nenhum parlamentar realizando sessões no Plenário da Câmara, pelo fato de todos estarem no período de recesso, as atividades e só retornarão após o dia 2 de fevereiro.

A brigada de combate a incêndio do local foi chamada e, segundo informado pela a Câmara, o fogo foi controlado aproximadamente em torno de mais ou menos 5 minutos.

Em nota, foi informado que "fragmentos caíram sobre as poltronas, provocando o fogo".

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Ainda segundo informações dos assessores, o local permanece com isolamento para ser periciado na parte da tarde, pela Polícia Civil, conforme preconizam os procedimentos em situações como essas.

Suspeita de Bomba na Esplanada dos Ministérios

De acordo com informações da Polícia Militar do Distrito Federal, na manhã de hoje, o local do acidente foi isolado nas proximidades da Esplanada dos Ministérios, em Brasília, devido a suspeita de haver uma bomba no local.

De acordo com os assessores de imprensa da PM-DF, foi necessário acionar o Esquadrão de Bombas.

Os agentes encontraram no local, por volta das 8h da manhã, um artefato suspeito, sendo 10 cilindros plásticos interligados através de fios.

Os policiais continuam no local fazendo a análise do material para fazer a confirmação de que se trata de uma bomba ou não. O cordão de isolamento envolve a área correspondente localizada entre a Biblioteca Nacional e o Museu Nacional.

A área esta localizada logo na entrada da Esplanada dos Ministérios, aproximadamente a uns 2 quilômetros de distância da Praça dos Três Poderes, onde funcionam as sedes do Supremo Tribunal Federal , Congresso Nacional e Palácio do Planalto.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo