Dois elementos armados com um facão tentaram invadir uma residência na ilha de Mosqueiro, distrito de Belém. Segundo informações, dois indivíduos estavam procurando residências para invadir e perceberam que havia uma aparentemente vazia. Quando os elementos pularam o muro da casa, viram que havia uma mulher, e eles tiveram a ideia de render a moça. Quando a vítima viu a ação dos elementos em seu quintal, foi correndo até a entrada da casa e trancou a porta.

Os indivíduos chegaram e abordaram a vítima com um facão. Um dos elementos pediu para mulher não realizar nenhum movimento brusco e abrir a residência, para que eles pudessem levar tudo de valor que havia dentro da casa.

A mulher se negou e disse que não iria abrir a porta. Foi quando um dos elementos resolveu atacar a mulher, na tentativa de pegar a chave.

O indivíduo acabou não conseguindo pegar a chave, pois a mulher estava muito agitada. Quando o outro elemento se aproximou para ajudar o comparsa, foi surpreendido pela atitude da mulher, que pegou algumas panelas que estavam do lado de fora e começou a jogar nos invasores. Já fugindo, um dos elementos ficou revoltado com o fracasso do assalto e empurrou a vítima na grama e depois empreendeu fuga a pé com o comparsa.

Quando os elementos foram embora, a vítima entrou na residência, pegou o seu telefone e ligou para Central da Polícia Militar, dizendo que havia dois indivíduos tentando invadir sua casa.

Após a ligação, uma viatura da polícia militar chega ao local e acalmou a mulher. Ela contou aos policiais que estava sozinha em casa, quando percebeu que havia dois indivíduos invadindo sua casa, e um deles possuía um facão.

Diante disso, os policias rondaram a vizinhança na tentativa de identificar os indivíduos, mas nada foi encontrado.

Em seguida, a mulher prestou queixa contra os elementos e apresentou as gravações feitas pela câmera de monitoramento que fica na entrada da casa para o delegado. ''Eu estava arrumando a casa, quando percebi dois indivíduos em cima do meu muro, em seguida, tranquei a porta de casa. Um deles me ameaçou de morte se eu não entregasse a chave.

Sem pensar, acabei reagindo e peguei minhas panelas e joguei nos invasores'', informou a vítima.

Alguns moradores do bairro disseram que roubos a residência vem acontecendo semanalmente, e muitos pedem a presença da polícia militar na região. O vídeo bombou nas redes sociais, pois é um caso bastante raro de acontecer.

Não perca a nossa página no Facebook!