A Acadêmicos do Tatuapé foi campeã em 2017 e agora, mais uma vez, foi considera a melhor escola do Carnaval 2018 em São Paulo, garantindo, assim, o bicampeonato. O enredo da escola homenageou o Maranhão e a escola da zona leste soube explorar o tema muito bem. Em vários momentos do desfile, ao invés do samba, o público ouviu foi reggae, mas sem exagero, foi tudo na medida exata.

Mas não foi fácil se tornar uma bicampeã, pois este ano as escolas conseguiram dar um verdadeiro show na avenida, mesmo atravessando uma crise financeira como há muito tempo não se via.

Este ano foi tão disputado que só na última nota, dada pelo último jurado é que a Acadêmicos do Tatuapé pôde finalmente comemorar a conquista. Mancha Verde, Mocidade Alegre e Tom Maior estavam muito bem posicionadas no ranking, mas por muito pouco, a Acadêmicos do Tatuapé foi quem se consagrou vitoriosa.

Nesta sexta-feira, dia 16, as escolas voltam à avenida, para o desfile da comemoração e o público poderá conferir mais uma vez, o resultado do trabalho de muitos meses, tudo feito com muito capricho e criatividade.

"Maranhão: Os tambores vão tocar na terra de encantaria" foi o enredo da escola bicampeã, a 5ª a desfilar este ano, na última sexta-feira, dia 9. O que mais chamou a atenção do público e também dos jurados, foi o capricho com que cada uma das fantasias foi feita. Tudo na escola estava impecável e tema foi muito bem explorando, passando pelas tradições religiosas do Maranhão, as festas mais tradicionais do estado e claro, não faltou sua bela história e o período de colonização, inclusive quando os franceses estiveram por lá.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Carnaval

Outro ponto a favor da Acadêmicos do Tatuapé foi as paradinhas e paradonas feita pela escola, muito bem sincronizadas, pois todo mundo estava afiado nos movimentos, que foram perfeitos. A fauna e a flora do Maranhão não ficaram de fora do desfile, aliás, foram elas que deram ainda mais brilho, cor e beleza ao desfile. Teve também os momentos de dores, a época da escravidão foi retratada de uma forma real, sofrida, como foi aquele período, uma verdadeira aula de história, com muito samba.

Vale lembrar que no Carnaval de 2017, a Acadêmicos do Tatuapé conquistou o título ao falar sobre a África, 'Mãe-África Conta a Sua História: Do Berço Sagrado da Humanidade à Terra Abençoada do Grande Zimbawe'.

Agora o público espera ansioso pelo Carnaval do ano que vem e já imagina qual será o enredo da Acadêmicos do Tatuapé, será que a escola voltará a falar de algum estado brasileiro? Ou para 2019 será uma homenagem a alguém que marcou a história do país, ou algum famoso?

Vamos aguardar.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo